02/01/2020 - 16h28

Antetokounmpo e Doncic lideram primeira parcial de votação do All-Star Game da NBA 2020

Dois não-americanos lideram primeira lista divulgada pela NBA para o jogo das estrelas

A NBA divulgou nesta quinta-feira (02) a primeira parcial da votação do All-Star Game de 2020. Pelo voto popular, lideram Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks) entre os jogadores da Conferência Leste, e Luka Doncic (Dallas Mavericks), no Oeste. Curiosamente, dois europeus.

Doncic, esloveno, recebeu 1.073.957 votos desde o dia 25 de dezembro, quando a eleição foi aberta ao público, maior número entre todos os citados. Já Antetokounmpo, grego, não fica muito distante e tem 1.073.358 votos.

Se a votação se encerrasse hoje, o público escolheria o time do Oeste com Luka Doncic e também James Harden na armação (Houston Rockets), com um trio de frente formado por LeBron James, Anthony Davis (ambos Los Angeles Lakers) e Kawhi Leonard (Los Angeles Clippers). No Leste, além de Giannis teríamos os armadores Trae Young (Atlanta Hawks) e Kyrie Irving (Brooklyn Nets), o ala Pascal Siakam (Toronto Raptors) e o pivô Joel Embiid (Philadelphia 76ers).

Chama a atenção alguns nomes pouco esperados entre os mais votados. No Leste por exemplo, o grandalhão Tacko Fall mal jogou pelo Boston Celtics mas já é o sexto mais lembrado entre alas e pivôs com mais de 110 mil votos. No Oeste, Alex Caruso vem chamando a atenção na rotação do Los Angeles Lakers, mas nem ele esperava ter 92 mil votos, oitava melhor marca entre armadores.

Outros nomes mais famosos, Stephen Curry (Golden State Warriors) e Kyrie Irving (Brooklyn Nets) também estão bem na briga por uma vaga, embora mal tenham entrado em quadra nesta temporada por conta de lesões.

Apresentada pelo Google, a votação terminará na madrugada do dia 21 de janeiro, à 1h59 (horário de Brasília). E, para escolher seus jogadores preferidos, os fãs poderão votar diariamente para titulares das conferências Leste e Oeste pelo site oficial ou o aplicativo da NBA, pelo Google, Google App e também pelo Google Assistente.

Além dos fãs, atletas da liga norte-americana e jornalistas também escolherão os titulares das conferências. O peso dos votos dos fãs é de 50%, enquanto os jogadores e a imprensa terão 25% cada. Na votação, é necessário escolher dois guards (armadores) e três frontcourt (alas e pivôs) para cada conferência.

Para votar pelo Google, basta procurar por “NBA All-Star Vote” no buscador, Google App ou Google Assistente. Durante os dias de votação, os fãs poderão submeter uma cartela online de votos por dia pelos meios de votação citados anteriormente e todos os atletas da NBA podem ser escolhidos.

Inclusive, ainda haverá cinco datas chamadas “2 por 1”, na qual os votos dos fãs são contados em dobro em todas as plataformas. São elas: dias 2 (hoje), 3, 10, 16 e 20 de janeiro. Os votos “2 por 1” serão considerados entre 2h daquele dia e 1h59 do dia seguinte (horário de Brasília).

Os atletas de cada time do NBA All-Star Game 2020 serão selecionados pelos capitães das equipes. Eles serão draftados dentro de um grupo de atletas votados como titulares e reservas, sem precisar respeitar as conferências Leste ou Oeste. Os capitães serão os titulares que tiverem mais votos de fãs dentro de suas conferências.

O anúncio dos titulares do grande jogo será divulgado pela TNT americana, incluindo os dois capitães das equipes, no dia 23 de janeiro, no programa TNT NBA Tip-Off. No dia 30 do mesmo mês, a emissora também divulgará, no mesmo programa, os reservas eleitos pelos técnicos da liga norte-americana.

*Atualizado em 2 de janeiro de 2020, às 16h46

Oddsshark