15/04/2020 - 17h42

Para Trout, plano de jogar no Arizona precisa ser mais realístico

Outfielder dos Angels teme pela segurança dos atletas e familiares

Mike TroutMike Trout se juntou a uma lista crescentes de atletas da Major League Baseball que não gostaram do plano de iniciar a temporada 2020 no Arizona. O astro tem dúvidas sobre os detalhes do projeto, visto que manter todas as franquias em uma área pode parecer viável para a Liga, mas perigoso pensando na pandemia de coronavírus.

“O que será feito com os familiares? Minha esposa está grávida. O que vou fazer quando ela entrar em trabalho de parto?”, declarou Trout em entrevista para a NBC Sports, nesta quarta-feira. “Vou ter que ficar em quarentena por duas semanas depois de voltar? Porque obviamente não posso perder o nascimento do nosso primeiro filho. Há muitas bandeiras vermelhas, muitas perguntas.”

Trout é conhecido por não dar muitas entrevistas, ou se posicionar sobre alguns assuntos, o que faz com que suas declarações tenham um peso extra no mundo esportivo. As objeções do outfielder ecoam os sentimentos de outros jogadores que vêm falando nas últimas semanas sobre o assunto.

“A mentalidade é de voltar o mais rápido possível, mas obviamente deve ser de forma realista. Não podemos ficar sentados em um quarto de hotel, indo apenas do campo para o quarto e não ser capaz de fazer qualquer outra coisa. Eu acho isso muito louco.”, concluiu.

Clayton Kershaw, do Los Angeles Dodgers, Zack Wheeler, do Philadelphia Phillies, e Ryan Zimmerman, do Washington Nationals, também expressaram muita preocupação com o plano que foi divulgado em entrevistas recentes.

A negativa dos atletas vem após as declarações do Dr. Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, que as ligas esportivas podem voltar em 2020 isolando os estádios, sem torcda e colocando os jogadores em grandes hotéis.

(Foto: Reprodução Twitter/Los Angeles Angels)

Oddsshark