17/02/2020 - 16h35

Trout diz que perdeu o respeito por alguns jogadores dos Astros: ‘Eles roubaram’

Um dos principais jogadores da MLB, Mike Trout diz que achou punição dos Astros abaixo do merecido

Um dos principais jogadores da Major League Baseball nos dias atuais, Mike Trout não poupou críticas ao falar sobre a polêmica envolvendo a campanha vitoriosa do Houston Astros em 2017.

Para o center fielder, a punição dada pela Liga foi menor do que o merecido e destacou que perdeu o respeito por alguns jogadores do elenco adversário.

“Eles roubaram. Eu não concordo com a punição dada pela Liga… eu perdi o respeito por alguns jogadores do Houston Astros. Ir para o home plate já sabendo o que iria acontecer… realmente deve ter sido muito divertido para eles”, afirmou o jogador de acordo com o jornalista Fabian Ardaya, do The Athletic.

A punição abaixo do esperado destacada por Trout faz referência ao fato de que nenhum atleta do elenco dos Astros que esteve no time em 2017 foi punido. Até o momento, o general manager Jeff Lunnow e o ex-treinador A.J.Hinch foram demitidos do time e suspensos pela Major League Baseball.

Outro ponto destacado pelo outfielder foi a comemoração de Jose Altuve após anotar o home run da vitória diante do New York Yankees na ALDS de 2019. O jogador não deixou seus companheiros de equipe tirarem sua camisa, ato que aumenta a suspeita de que o venezuelano estava mesmo com um sensor embaixo do roupa para avisarem a ele onde que o pitcher arremessaria a bola.

“Se você faz um home run que leva seu time para a World Series, você deixa seus companheiros de equipe tirarem sua camisa e comemorarem como quiserem”, ressaltou Trout, que enfrenta os Astros logo na estreia da temporada 2020 da MLB.

RELEMBRE O CASO 

A polêmica envolvendo o título da World Series do Houston Astros começou em novembro de 2019, quando o ex-arremessador da franquia Mike Fiers afirmou que o time trapaceou durante a campanha daquele ano.

Isso porque, segundo o pitcher, os Astros utilizaram uma câmera para roubar sinais de equipes adversárias. A tecnologia, supostamente utilizada pelo time de Houston, envolveria um aparelho no campo central fornecendo imagens para uma tela instalada no caminho entre o dugout e o vestiário dos Astros. Outra possível evidência apresentada coloca jogadores e outros funcionários da franquia texana “denunciando” certos tipos de arremessos adversários via sinais sonoros.

Em janeiro de 2020, após uma longa investigação, Luhnow e Hinch foram punidos pela MLB e estão proibidos de prestar quaisquer serviços aos Astros ou a outras franquias durante a suspensão. Também, não terão acesso a estádios ou centro de treinamentos da MLB, ligas menores e mesmo Spring Training, além de não poderem viajar com o elenco em qualquer situação. Vale destacar que caso o nome deles volte a ser envolvido em violações no futuro, eles serão banidos de forma permanente.

O time de Houston também levou multa de US$ 5 milhões e perdeu escolhas de Draft.

(Foto: Reprodução/Twitter Angels)

Oddsshark