07/10/2019 - 20h59

St. Louis Cardinals derruba Atlanta Braves em Jogo 4 da NLDS por 5 a 4

Cardinals impedem que Braves vençam semifinal da Liga Nacional com performance decisiva de Yadier Molina em entradas extras

Nesta segunda-feira (7), o St. Louis Cardinals voltou à vida e triunfou sobre o Atlanta Braves no quarto jogo da seminifinal da Liga Nacional. Yadier Molina foi o destaque do jogo, causando o empate na oitava entrada e virando a partida na décima, dando aos  Cardinals a vitória por 5 a 4 e forçando o quinto e último jogo da série.

A franquia de St. Louis saiu vitoriosa no primeiro jogo da série, que ocorreu na quinta-feira (3). Atlanta igualou a série melhor de cinco na sexta-feira (4). No domingo (6) os Braves tomaram a liderança, já no Busch Stadium, casa dos Cardinals.

Dakota Hudson (ERA de 3.35 em 2019, 16 vitórias e sete derrotas na temporada regular) representou os Cardinals em 4.2 entradas. Neste período, o arremessador sofreu cinco rebatidas, quatro corridas e um home run, anotando apenas dois strikeouts. Contudo, Hudson usou sua habilidade em induzir rebatidas de bolas rasteiras para se livrar de situações apertadas ao longo da partida.

Por apenas 3.1 entradas, Dallas Keuchel (ERA de 1.93 nos playoffs) tomou o montinho pelos Braves. Keuchel acabou cedendo quatro rebatidas, três corridas e três home runs, atrelados a quatro strikeouts. Os dois primeiros home runs vieram na primeira entrada, contribuindo para sua saída prematura.

Na parte alta da primeira entrada, um pequeno susto para os torcedores de Atlanta. Após uma rebatida simples de Ronald Acuña Jr., Ozzie Albies rebateu em seguida. Sem querer, a bola defletiu do bastão e o acertou na perna. O segunda base precisou de alguns segundos para se recompor e voltou ao home plate, conseguindo outra rebatida simples. Entretanto, após uma rebatida de Freddie Freeman, uma eliminação dupla orquestrada pelo infield de St. Louis encerrou a parte alta.

Para a alegria de St. Louis, Paul Goldschmidt lançou um home run na parte baixa, colocando os Cardinals na frente (1 a 0). Marcell Ozuna repetiu a dose em seguida, mandando a bola por cima do muro mais uma vez (2 a 0).

O ânimo dos Braves retornou na terceira entrada, na parte alta. Dansby Swanson conseguiu uma rebatida simples e foi para a primeira base. Keuchel foi ao bastão logo depois e tentou efetuar um bunt, mas acabou sofrendo um strikeout. Acuña Jr. assumiu, marcando outra rebatida simples e levando Swanson para a terceira base. Depois, Albies rebateu outro single, impulsionando Swanson e colocando os Braves  no placar (2 a 1).

No topo da quarta, Hudson continuou bem. Após ceder um walk para Josh Donaldson, o pitcher conseguiu induzir uma rebatida de bola rasteira de Nick Markakis, causando uma eliminação dupla. Em seguida, induziu uma rebatida de bola alta de Matt Joyce, fechando a parte alta.

Ozuna surpreendeu os Braves novamente na parte baixa com outro home run (3 a 1). Após Molina ser eliminado com uma bola rasteira, Matt Carpenter conseguiu um walk. A franquia de Atlanta então decidiu substituir Keuchel por Luke Jackson no montinho, que cedeu outro walk para Tommy Edman. Paul DeJong e Hudson vieram em seguida, mas sofreram strikeouts, encerrando a entrada.

Dois erros custaram caro para os Cardinals na quinta entrada. Swanson marcou uma rebatida dupla, com a bola ricocheteando na terceira base. Na sequência, com Adam Duvall no bastão, Molina não conseguiu segurar um arremesso de Hudson, fazendo Swanson avançar para a terceira base. Depois, Carpenter não conseguiu receber uma rebatida de Duvall, permitindo que Swanson pontuasse (3 a 2). Por último, Albies lançou um home run, seu primeiro nos playoffs, colocando os Braves na frente (3 a 4).

Os Braves tiveram outra chance de pontuar na sexta entrada. Markakis marcou uma rebatida simples, seguida por um walk de Francisco Cervelli. Brian McCann rebateu, mas acabou sendo eliminado. Depois, Swanson conseguiu um walk, enchendo as bases. Em um duelo tenso, o reliever Giovanny Gallegos batalhou contra Duvall em cinco arremessos, conseguindo eliminá-lo, tirando dos Braves uma bela oportunidade.

Na parte alta do sétimo turno, outro susto para os Cardinals. Acuña Jr. marcou uma rebatida tripla do reliever John Brebbia, que foi prontamente substituído por Andrew Miller após eliminar Albies. Miller conseguiu tirar Freddie Freeman com um strikeout e decidiu ceder um walk intencional para Donaldson e enfrentar Markakis. Entretanto, Markakis conseguiu outro walk, não intencional. Com as bases cheias, Miller induziu um rebatida de bola alta de Adeiny Hechavarria, recebida por Ozuna, encerrando a entrada.

Goldschmidt iniciou a reação de St. Louis na parte baixa da oitava com uma rebatida dupla. Depois, Ozuna foi ao bastão mas acabou eliminado por strikeout. Molina assumiu, para a salvação de St. Louis, lançando uma rebatida simples que impulsionou Goldschmidt e empatou o jogo em 4 a 4.

Na décima entrada, os bastões dos Cardinals não desistiram. Kolten Wong iniciou a parte baixa com uma rebatida dupla, seguida por um walk intencional de Goldschmidt. Ozuna rebateu, fazendo Wong avançar para terceira base e sendo eliminado na jogada. Molina foi ao bastão e impulsionou Wong com uma rebatida de sacrifício, dando a vitória para os Cardinals.

Empatados com duas vitórias cada um, o St. Louis Cardinals e o Atlanta Braves se enfrentarão mais uma vez na quarta-feira (9), às 18h. Será o último confronto da NLDS e decidirá qual time avançará para a final da Liga Nacional. O duelo volta para o SunTrust Park, em Atlanta.

(Foto: Reprodução Twitter/St. Louis Cardinals)

Oddsshark