28/01/2020 - 18h33

MLB divulga grupo do Brasil nas eliminatórias do World Baseball Classic

Composta por seis times, jogos da chave da seleção brasileira acontecerão entre os dias 12 e 17 de março

Em nota divulgada para a imprensa nesta terça-feira (28), a MLB divulgou os grupos das eliminatórias para o World Baseball Classic, o mundial de beisebol que irá ocorrer em 2021. A seleção brasileira será uma das primeiras equipes a competir na rodada qualificatória que acontecerá em março deste ano, no Kino Sports Complex, localizado em Tucson, no estado americano do Arizona.

O Grupo 1, que inclui o Brasil, competirá entre os dias 12 e 17 de março de 2020, enquanto as partidas do Grupo 2 acontecerão entre os dias 20 e 25. No final, os dois primeiros colocados de cada grupo poderão avançar para o World Baseball Classic.

Conforme o regulamento do campeonato, cada chave passará por nove jogos e a rodada será de eliminação dupla, ou seja, as equipes que sofrerem duas derrotas serão eliminadas.

A fase classificatória é reservada para os últimos colocados da primeira rodada do campeonato de 2017, enquanto os 16 melhores times são automaticamente classificados para a próxima edição. São eles: Austrália, Canadá, China, Colômbia, Cuba, República Dominicana, Estados Unidos, Israel, Itália, Japão, Coreia do Sul, Holanda, México, Porto Rico, Venezuela e Taipé Chinesa.

Confira os grupos das eliminatórias para o World Baseball Classic:

Grupo 1

1 – Brasil
2 – França
3 – Alemanha
4 – Nicarágua
5 – Paquistão
6 – África do Sul

Grupo 2

1 – República Tcheca
2 – Grã-Bretanha
3 – Nova Zelândia
4 – Panamá
5 – República das Filipinas
6 – Espanha

“Nós estamos ansiosos para ver grandes jogadores de todo o mundo se reunirem para jogar o jogo que nós amamos”, afirmou Leonor Colon, diretor de operações internacionais e domésticas da MLBPA, o principal sindicato dos jogadores da MLB, que também regula o WBC em conjunto com a liga. “Nós esperamos que muitos destes jogadores ficarão inspirados com a experiência e cheguem a representar seus países na MLB no futuro”, finalizou Colon.

Riccardo Fraccari, o presidente da World Baseball Softball Confederation, a organização que sanciona o evento, também se pronunciou, alegando estar otimista com os efeitos positivos do campeonato. “A WBSC está feliz por fortalecer os laços entre a MLB e a MLBPA através da expansão do World Baseball Classic, que aumentará de 16 para 20 equipes”.

Fraccari continuou, elogiando a exposição que o torneio oferece para o esporte: “A WSBC aplaude a MLB e seus jogadores pela visão e esforço contínuo para globalizar o nosso grande jogo”.

O World Baseball Classic acontece a quatro anos, geralmente sediado no estado americano da Califórnia, envolvendo as seleções de 16 países – agora, 20. A fase classificatória ocorre no ano anterior a cada competição. Os Estados Unidos são os atuais campeões, enquanto o Japão é o país que mais acumulou títulos, com dois no total, desde a primeira edição do torneio em 2006.

(Foto: Reprodução Facebook/Seleção Brasileira de Beisebol WBC)

Oddsshark