25/06/2019 - 12h31

Mets multam Mickey Callaway e Jason Vargas por briga com repórter

Arremessador e técnico se envolvem em briga com repórter e são punidos pela franquia

O gerente geral do New York Mets, Brodie Van Wanegen, anunciou nesta segunda-feira (24) que a organização multou o técnico Mickey Callaway e o arremessador Jason Vargas por suas condutas durante uma briga com um repórter, depois do jogo de domingo contra o Chicago Cubs, de acordo com Anthony DiComo, da MLB.com.

Callaway e Vargas sofreram multas de US$ 10 mil cada, segundo Mike Puma, do New York Post. A equipe não suspenderá nem Callaway ou Vargas e nem espera que a MLB imponha-lhes uma punição adicional, de acordo com DiComo.

“Eu me encontrei com Mike Callaway esta tarde, depois me encontrei com Jason Vargas, e depois nos reunimos como um time”, disse Van Wagenen, segundo a SNY. “A organização Mets não tolera o comportamento que ocorreu ontem. Estamos comprometidos em tentar criar um ambiente de trabalho saudável para todos que trabalham no jogo. Isso inclui os jogadores, os treinadores, a mídia e todos os demais. A briga foi lamentável em todos os níveis”, encerrou o dirigente.

Após a derrota de domingo para os Cubs no Wrigley Field, Tim Healey, do Newsday (o jornalista da briga), disse para Callaway: “Até amanhã, Mickey”. Callaway entendeu a frase como ironia e respondeu pedindo que tirassem “esse filho da p…” do clube. Em seguida, Vargas teve de ser contido pelos companheiros, para não ir atrás do repórter.

O New York Mets emitiu um pedido de desculpas oficial a Healey no final de domingo, e o repórter disse que a própria franquia o contatou pessoalmente após o incidente. Callaway inicialmente se recusou a pedir desculpas; nesta segunda-feira ele se limitou a dizer que o caso foi um “mal-entendido”, de acordo com DiComo.

Depois o manager dos Mets se retratou e fez um pedido público de desculpas, porém Vargas não abordou diretamente o assunto com a imprensa. O que se sabe é que o arremessador deverá voltar ao montinho na quarta-feira, contra o Philadelphia Phillies.

O nervosismo no elenco de New York pode ser explicado pela campanha frustrante da equipe, que soma 37 vitórias e 42 derrotas e ocupa o penúltimo lugar na Divisão Leste da Liga Nacional.

Foto: Reprodução Twitter/New York Mets

Oddsshark