14/05/2019 - 19h50

Julio Urias é preso por suspeita de violência doméstica

Jovem pitcher dos Dodgers foi preso por ter agredido uma mulher em Los Angeles

O arremessador Julio Urias, do Los Angeles Dodgers, foi preso nesta segunda-feira (13) por suspeita de violência doméstica, após um incidente em uma área comercial de Los Angeles, informou um porta-voz do departamento de polícia de Los Angeles, segundo o USA Today Sports.

Uma testemunha supostamente disse às autoridades que o jovem de 22 anos estava discutindo com uma mulher antes de a empurrar no chão, de acordo com o TMZ. A polícia conversou com a mulher, que negou qualquer agressão física e insistiu que a divergência foi apenas verbal. Urias foi preso e teve de pagar uma fiança de US$ 20 mil por conta da acusação. Ele foi liberado na terça de manhã.

Várias testemunhas disseram que Urias realmente empurrou a mulher no chão. Um vídeo, que ainda não foi divulgado, apoia os relatos, de acordo com o TMZ.

“Tomamos conhecimento sobre o incidente desta manhã e estamos coletando provas”, disseram os Dodgers, em comunicado desta terça-feira, de acordo com a ESPN americana. “Como previsto, não temos comentários neste momento… No entanto, todas as alegações de violência doméstica devem ser levadas a sério e abordadas prontamente”, relatou a franquia.

No fim da tarde, a MLB confirmou que colocará uma Urias numa lista de suspensão preventiva por sete dias, para avaliar melhor o caso antes de tomar uma medida definitiva.

Julio Urias fez 9 jogos nesta temporada, sendo 4 como titular. Ele acumulou ERA de 3.18.

(Foto: Jon SooHoo/ Divulgação Facebook Los Angeles Dodgers)

Oddsshark