02/01/2020 - 17h15

Don Larsen, o único a ter um jogo perfeito na World Series, morre aos 90 anos

Detentor do único jogo perfeito da história da World Series, Larsen morreu aos 90 anos

O único arremessador a lançar um jogo perfeito na World Series, Don Larsen morreu nesta quarta-feira (1) aos 90 anos. Andrew Levy, seu representante, confirmou a notícia em seu twitter. Levy disse que Larsen morreu em decorrência de um câncer de esôfago no estado de Idaho. O filho de Don, Scott Larsen, confirmou a morte segundo Levy.

Larsen foi uma figura inesperada a conseguir o que tantos grandes jogadores não conseguiram. Ele fez o chamado “jogo perfeito” no jogo 5 da World Series de 1956.

No jogo 2 da série, Larsen defendia o New York Yankees diante do então Brooklyn Dodgers (hoje em Los Angeles). Ele foi substituído logo na 2ª entrada, e achava que não teria outra oportunidade durante aquela série, até que ele chegou ao Yankee Stadium no dia 8 de outubro com uma bola em seu sapato, o sinal do técnico Casey Stengel de que iria começar aquele jogo.

Em sua autobiografia, Larsen admite que ficou chocado, além de que sabia que tinha que jogar melhor do que no jogo 2, e dar uma chance para os Yankees vencerem aquele jogo e que ele não desapontaria Stengel daquela vez. Com a série empatada após 4 jogos, a aposta de Stengel se provou correta. Em 97 arremessos e 7 strikeouts, ele arremessou um jogo perfeito, ou seja, nenhum jogador dos Dodgers chegou em base na partida.

O comissário Rob Manfred lembrou nesta quinta-feira (2) que o jogo de Larsen continua único por 63 anos e contando. Além de dizer que Larsen mostrou que em um time cheio de estrelas, qualquer um pode fazer história, e até a perfeição no maior momento do esporte.

Larsen acabou sendo escolhido com MVP da série, e naquele jogo tiveram duas chamadas próximas para manter o jogo perfeito vivo. Uma bola rasteira de Jackie Robinson na segunda entrada, e um flyout longo na quinta entrada. A última eliminação foi o strikeout olhando de Dale Mitchell, que foi seguido de Yogi Berra correndo aos braços do arremessador para comemorar o título de New York.

Ele ainda arremessou em outras três World Series, vencendo uma vez e perdendo uma com a camisa dos Yankees, e perdendo a série em 1962 para os Yankees quando era membro do San Francisco Giants.

Desde então nenhum outro jogo perfeito foi arremessado na pós-temporada, mas Roy Halladay conseguiu um no-hitter nos playoffs de 2012.

Seu filho Scott disse numa mensagem postada em redes sociais no dia de Natal que seu pai havia contraído um câncer de esôfago. Desde então Don iniciou um tratamento intensivo, que não deu resultado.

Foto: Reprodução Twitter/New York Yankees

Oddsshark