23/12/2019 - 23h00

Cleveland Indians acerta contratação de Cesar Hernandez

Cleveland Indians traz Cesar Hernandez para atuar no meio do infield

Tentando manter-se competitivo na Divisão Central da Liga Americana, talvez a divisão mais fraca da Major League Baseball, e ao mesmo tempo reduzir a folha salarial, algo imperativo para o que é considerado um time de mercado pequeno/médio (como comprovado pela troca de Corey Kluber para o Texas Rangers), o Cleveland Indians precisa ser criativo para reforçar-se. Foi exatamente o que a franquia fez nesta segunda-feira (23), fechando por uma temporada com o infielder Cesar Hernandez, recentemente dispensado pelo Philadelphia Phillies após cinco anos praticamente como dono da segunda base.

O venezuelano de 29 anos receberá US$ 6,25 milhões em 2020, e sua contratação permite que os Indians utilizem Jose Ramirez, um dos melhores rebatedores da MLB, na terceira base, em vez de mudar a posição do dominicano. Hernandez, que poderia receber cerca de US$ 11 milhões por meio do processo de arbitragem de acordo com as projeções do site MLB Trade Rumors, chega para suprir a ausência de Jason Kipnis, que teve a opção de renovação contratual para 2020 rejeitada pela franquia de Ohio.

A chegada a Cleveland representa a primeira mudança na carreira do infielder, que estreou na MLB em 2013 e sempre jogou com a camiseta de Philadelphia. Neste intervalo, ele somou 832 jogos e 2.915 at-bats, com 46 home runs, 253 corridas impulsionadas, 407 anotadas e 27,7% de aproveitamento, desempenho próximo à média da MLB no período. Após segurar as pontas durante a época de vacas magras, ele viu a competência por tempo de jogo com os Phillies aumentar graças à chegada de Jean Segura e à explosão de Scott Kingery.

Ainda assim, ele participou de 161 jogos na última temporada, repetindo a marca do ano passado. Com a saída de Hernandez e a chegada do shortstop Didi Gregorius, a segunda base nos Phillies deve ficar com Segura, cabendo a Kingery a terceira base. Já nos Indians, o novo reforço deve compor o infield com Ramirez, Francisco Lindor, caso o shortstop não seja trocado antes do Opening Day de 2020, e Carlos Santana, que atuaria na primeira base.

Crédito da imagem: Reprodução/Youtube

Oddsshark