02/04/2020 - 15h05

AJ Hinch e Jeff Luhnow servirão banimento em 2020 ‘de qualquer forma’

Ex-treinador e ex-GM dos Astros cumprirão suas respectivas suspensões de um ano mesmo se a temporada for cancelada

Os principais envolvidos no escândalo de roubo de sinais do Houston Astros, o treinador AJ Hinch e o GM Jeff Luhnow, terão suas suspensões de um ano encerradas ao final da temporada 2020, mesmo que a temporada não seja realizada devido ao surto pandêmico de coronavírus que está tomando conta dos esportes. A informação é de Buster Olney, repórter da ESPN.

De acordo com as fontes de Olney, na manhã desta quinta-feira (02), a MLB vai honrar os banimentos porque eles estão oficialmente “ligados” ao final da pós-temporada de 2020. Se os jogos não ocorrerem, de uma forma ou de outra, ambos estarão livres para voltar a trabalhar em 2021.

Hinch e Luhnow foram suspensos e subsequentemente demitidos em janeiro, após a liga concluir que os Astros violaram as regras do jogo durante a temporada em que foram campeões (2017) e em partes da temporada de 2018, no chamado escândalo do roubo de sinais.

Além das penas a ambos, a equipe também foi penalizada. Houston perdeu escolhas de primeira e segunda rodadas nos Drafts de 2020 e 2021 e foram multados em US$ 5 milhões por roubar sinais usando dispositivos eletrônicos.

A Major League Baseball também disse que futuras violações das regras tanto da parte de Hinch como de Luhnow resultariam em um banimento eterno pelo resto de suas carreiras.

Desde os acontecimentos de janeiro, a equipe de Houston contratou Dusty Baker para assumir a vaga de treinador e James Click, para exercer as funções de general manager.

(Foto: Reprodução Youtube)

Oddsshark