18/05/2020 - 17h47

NFL Power Ranking 2020 The Playoffs: divisão por divisão (offseason)

Equipe TP atualiza o ranking das franquias e explica, dividindo por divisão, onde cada franquia se encontra neste momento

Travis Kelce comemora seu touchdown do Kansas City Chiefs contra o Los Angeles Chargers pelo MNF no MéxicoApós todas as movimentações ocorridas no período de free agency e das escolhas no Draft 2020, a equipe The Playoffs editou o Power Ranking, subindo e descendo as equipes conforme sua performance desde o Super Bowl LIV (você pode ouvir o ranking completo em podcast aqui).

Uma das grandes surpresas é a queda incrível do New England Patriots, que deve estar encarando sua pior posição no Power Ranking desde a primeira edição aqui no TP. Não por acaso, o Tampa Bay Buccaneers teve uma ascensão notória, e alguns já começam a cogitar a equipe jogando o Super Bowl este ano dentro de casa.

Agora, trago aqui o ranking separado por divisões. Como ficaram as forças dentro de cada divisão? Como ficam os favoritos ao título em suas chaves em 2020? Usando os mesmo critérios do PR oficial do The Playoffs, confira como ficou nossa avaliação.

COMO FUNCIONA

A posição de cada time no Power Ranking do The Playoffs é definida por um comitê do site que conta com Fabio Garcia, Fernando Ferreira, Gabriel Mandel, José Ferraz e Luis Felipe Saccini. Os cinco deram notas para as equipes levando em conta a força dos elencos em geral, reforços, perspectivas, desempenho na temporada passada, etc, etc.

(Foto: Reprodução Site/Kansas City Chiefs)

AFC EAST

1. Buffalo Bills (9 no geral)
2. New England Patriots (20 no geral)
3. Miami Dolphins (24 no geral)
4. New York Jets (26 no geral)

A Divisão Leste da Conferência Americana parece aberta pela primeira vez em muitos anos. Com a saída de Brady de New England e a manutenção de uma boa base em Buffalo, os Bills parecem verdadeiros candidatos ao título. Com uma grande defesa e um ótimo head coach, eles despontam como como o time a ser batido.

Muito próximos, temos Pats, Dolphins e Jets. A dinastia vai ter que se provar mais uma vez, mas sem seu eterno QB. Embora tenham feito bons Drafts, Dolphins e Jets ainda parecem distantes de verdadeiros contenders. O primeiro sequer sabe se contará com Tua, enquanto o segundo tem na figura de seu HC a grande dúvida.

(Foto: Reprodução Twitter/NFL Draft)

AFC NORTH

1. Baltimore Ravens (4 no geral)
2. Pittsburgh Steelers (16 no geral)
3. Cleveland Browns (18 no geral)
4. Cincinnati Bengals (28 no geral)

No norte, a temporada deve começar com o prognóstico de repetir a última. Ainda que Joe Burrow tenha chegado, os Bengals têm buracos a preencher antes de voltarem a ser competitivos. Sem todo o hype de 2019, os Browns esperam desafiar de verdade, embora não haja tanto motivo para empolgação.

Na parte de cima, a briga fica por conta de Steelers, donos de uma ótima defesa e na torcida pela saúde de seu ataque, e Ravens, que têm o MVP e um estilo de jogo bastante complicado de se vencer. Depois do Draft, a equipe de Baltimore parece destinada ao título novamente.

(Reprodução Twittfer Oficial/Around The NFL)

AFC SOUTH

1. Indianapolis Colts (10 no geral)
2. Tennessee Titans (12 no geral)
3. Houston Texans (21 no geral)
4. Jacksonville Jaguars (32 no geral)

Rivers chegou. Henry e Tannehill ficaram. Hopkins saiu. Jacksonville desmanchou. Estes movimentos explicam muito bem o que se vê numa desigual AFC South. Enquanto a briga de cima deve ficar entre Colts e Titans, espera-se pouco no conturbado time de Houston e na disfuncional franquia da Flórida.

Com um ataque recheado de talento e uma jovem defesa, Indianapolis entrou no top 10. Logo atrás, os Titans devem manter o padrão de jogo e explorar bastante o ataque terrestre. Os Texans estão sem a mesma identidade, mas contam com a qualidade única de Watson. Jaguars? Faltam muitas peças e o ambiente não parece melhor do que o controlado por Bill O’Brien.

(Foto: Reprodução Twitter/Darius Leonard)

AFC WEST

1. Kansas City Chiefs (1 no geral)
2. Denver Broncos (15 no geral)
3. Las Vegas Raiders (19 no geral)
4. Los Angeles Chargers (25 no geral)

A divisão é, e deve continuar sendo, dos atuais campeões da NFL. Mesmo sem grandes adições na offseason, a franquia do Missouri desponta como o time a ser batido. Contudo, se espera um pouco mais de Denver e Las Vegas, já que ambos fizeram adições significativas e mantiveram as peças mais importantes.

A primeira temporada de Lock tem armas o bastante para um bom ano, assim como o clima da chegada em Vegas pode impulsionar os Raiders. Em último lugar o Los Angeles Chargers. Não é falta de talento, mas nossa equipe cansou de apostar alto em uma franquia que sempre acha um jeito de perder mesmo com uma defesa incrível.

(Foto: Reprodução Twitter/Kansas City Chiefs)

NFC EAST

1. Dallas Cowboys (11 no geral)
2. Philadelphia Eagles (14 no geral)
3. New York Giants (29 no geral)
4. Washington Redskins (30 no geral)

Para ganhar tempo em negociação contratual, Dallas Cowboys pode aplicar a franchise tag em DeMarcus LawrenceOs dois primeiros times são tidos como potenciais contenders à pós-temporada, enquanto os outros dois parecem estar entre os elencos mais carentes de talento. Os Cowboys vêm de um grande Draft, mas precisam mostrar como todas as armas vão se desenvolver sob comando do novo head coach. Os Eagles seguem como um time que não se dá por vencido, e este ano parece comprometido em dar armas a Carson Wentz.

Depois de vários anos de negligência, os Giants tentaram melhorar a OL, e a dupla Barkley/Jones só consegue agradecer, mas nada que empolgue ainda. Por fim, mesmo com Chase Young e a chegada de Ron Rivera, os Redskins ainda precisam de um grande salto de Haskins para não ser um time de uma unidade só. Você apostaria nisto? Nem nós.

(Foto: Reprodução Twitter/NFL)

NFC NORTH

1.  Minnesota Vikings (6 no geral)
2. Green Bay Packers (8 no geral)
3. Chicago Bears (23 no geral)
4. Detroit Lions (27 no geral)

Aqui, talvez nossa equipe gere uma pequena revolta. Após um ano 13-3 com um HC rookie, como os Packers não são o time mais bem ranqueado? Simples: as carências se mantiveram. Com um Draft questionável, o fator Aaron Rodgers ainda pesa para mantê-los entre os 10, o que pode mudar rapidamente se continuarem sofrendo contra corridas.

Já os Vikes fizeram um Draft incrível, lapidando ainda mais a boa equipe de Mike Zimmer. Talvez ainda não seja o melhor time, mas a aposta da nossa equipe, hoje, é esta. Bears e Lions são times com muito a provar e pouca esperança de que isto ocorra. Enquanto em Chicago o ataque insiste em não aparecer, a defesa em Detroit sempre deixa o time na mão. O curioso é que Nagy (Bears) tem formação ofensiva, e Patricia (Lions) defensiva. Algo de errado não está certo.

(Foto: Reprodução Twitter/Minnesota Vikings)

NFC SOUTH

1.  New Orleans Saints (2 no geral)
2. Tampa Bay Buccaneers (5 no geral)
3. Atlanta Falcons (22 no geral)
4. Carolina Panthers (31 no geral)

Marshon Lattimore, cornerback do New Orleans SaintsMais uma divisão em que a distância dos contenders é gigante até os demais. O que falta para o New Orleans Saints ser campeão? Acho que só espantar o fantasma da pós-temporada. É uma equipe completa, com muitas alternativas e pronta para o título, por isto justifica sua posição. Os Bucs, por sua vez, ainda precisam justificar tudo que se espera na teoria, tendo em vista os Browns na última offseason. Mas com Brady/Gronk, o time é muito mais forte, então a aposta parece certeira.

Os Falcons fizeram um Draft questionável, deixando a defesa em primeiro lugar, mas errando um pouco nas seleções. Assim, parece que Ryan vai ter que lançar muito para buscar os resultados. Os Panthers melhoraram muito, mas perderam alicerces dos anos de sucesso: Ron Rivera (HC), Cam Newton (QB), Greg Olsen (TE) e Luke Kuechly (MLB). Mesmo com um Draft interessante, as reposições não parecem à altura, e isto deve prejudicar o primeiro ano de Matt Rhule.

(Foto: Reprodução Twitter/New Orleans Saints)

NFC WEST

1.  San Francisco 49ers (3 no geral)
2. Seattle Seahawks (7 no geral)
3. Arizona Cardinals (13 no geral)
4. Los Angeles Rams (17 no geral)

SANTA CLARA, CALIFORNIA - OCTOBER 07: Nick Bosa #97 of the San Francisco 49ers looks on in the second half against the Cleveland Browns at Levi's Stadium on October 07, 2019 in Santa Clara, CaliforniaA melhor divisão da NFL coloca todos os seus times em nosso top 20 geral! Após ir ao Super Bowl, os Rams caíram de produção e amargaram uma temporada sem playoffs. Com um Draft discutível, somente o brilho de McVay e Donald podem mudar o prognóstico da franquia. Os Cardinals foram absolutamente certeiros em todos os movimentos, e se credenciam a maior evolução desde a temporada passada.

Já os Seahawks estão muito altos por conta da dupla Wilson/Carroll, porque a offseason não foi boa, mas eles sempre dão um jeito de vencer. Por fim, os Niners conseguiram suprir carências e se enchem de esperança de volta ao SB para mudar o resultado anterior. Com Nick Bosa de um lado, George Kittle do outro e Kyle Shanahan na sideline, a equipe merece o posto de número 3 geral e 1 do Oeste.

(Foto: Lachlan Cunningham/Getty Images)

Oddsshark