06/12/2019 - 19h25

A corrida para o prêmio de MVP da temporada 2019 da NFL – mês 3

Após grandes jogos e atuações de gala, mudanças aconteceram na briga pelo prêmio de MVP da NFL; confira!

Lamar Jackson e Russell Wilson lideram a corrida pelo prêmio de MVP da NFLEstá cada vez mais perto do fim mais uma temporada regular da NFL. E com isso a corrida pelo prêmio de MVP da temporada 2019 da NFL se afunila casa vez mais, além de aumentar a tristeza dos apaixonados por restarem somente quatro jogos para começarem os playoffs. Contudo, após o fim da semana 13 e mais de um mês desde que o The Playoffs soltou o último texto sobre a MVP Race, mudanças drásticas ocorrem por conta de atuações grandiosas de alguns jogadores e de outras não tão boas de nomes que já figuraram entre o top 5, mas que já estão longe do título deste ano.

Só lembrando que a lista abaixo considera tudo aquilo que foi visto na temporada da National Football League até o presente momento e ainda terá a análise final após a semana 17, pois algumas coisas podem mudar durante esses últimos jogos. Tudo caminha para que alguém destrone o atual vencedor do prêmio de Most Valuable Player: Patrick Mahomes (que começou como o favorito em 2019, mas sua lesão o deixou um pouco longe no atual cenário de disputa).

Além da opinião deste redator que vos fala, será levado em conta as estatísticas individuais de cada jogador e os critérios de avaliação da própria liga para a eleição do jogador mais valioso da temporada. Vale lembrar que nem sempre são os mesmos parâmetros para os fãs, já que o prêmio é dado ao atleta que tem a melhor performance durante todo o ano, mas, não necessariamente, ao que marca mais touchdowns ou consegue mais jardas, sem contar que quarterbacks costumam ser privilegiados.

Dito tudo isso, vamos à penúltima lista dos cinco jogadores que despontaram nas rodadas da NFL durante esses 3/4 da temporada regular de 2019 da NFL, fora algumas menções honrosas que podem figurar no ranking mais para frente.

OBS: as estatísticas abaixo foram registradas até a semana 8 da NFL.

(Foto: Reprodução Twitter/Around The NFL)

#1 Lamar Jackson – QB – Baltimore Ravens

Campanha dos Ravens: 10-2

Lamar JacksonLamar Jackson é o primeiro jogador na história da NFL com mais de 3.000 jardas aéreas e mais de 1.500 jardas terrestres nas suas duas primeiras temporadas na liga. Fora isso, o signal caller tem mais touchdowns ofensivos totais (30) do que 22 equipes durante a temporada regular de 2019.

Nesse ritmo, aos 22 anos, Jackson tem a chance de se tornar o quarterback mais jovem a vencer o prêmio de MVP da NFL logo na temporada centenária da liga, já que o running back hall of famer do Cleveland Browns Jim Brown é o único jogador ganhar o troféu de Most Valuable Player aos 21 anos.

Desde a semana 9, o camisa 8 dos Ravens só não fez chover nas vitórias contra Patriots, Bengals, Texans e Rams. No último jogo, contra o San Francisco 49ers, Lamar Jackson passou para apenas 105 jardas e um touchdown aéreo. Ele também sofreu o seu primeiro fumble no ano. Entretanto, o jovem também teve 101 jardas por terra e um TD, além de guiar Baltimore à vitória contra uma das melhores defesas da NFL, que tentou anulá-lo, mas o ritmo imposto pelo QB junto a sua linha ofensiva garantiu a chance da vitória no chute de Justin Tucker no fim.

E com apenas quatro confrontos restantes, Jackson não deve deixar a peteca cair para manter sua equipe na liderança da AFC e garantir o troféu de MVP de 2019, mesmo que ele já tenha afirmado que isso pouco importa para ele, já que sua meta é ser campeão do Super Bowl. Só que dar de presente uma camisa sua autografada ao Papa Franscisco pode garantir uma pequena oração para que ele vença ambas as disputas.

(Foto: Reprodução Twitter/Around The NFL)

#2 Russell Wilson – QB – Seattle Seahawks

Campanha dos Seahawks: 10-2

Russell Wilson em ação no MNF da semana 13 da NFLA ligeira liderança de Lamar Jackson nessa corrida pelo prêmio de MVP (no que vem sendo uma disputa direta entre os dois) aumentou um pouco após o fim da semana 13 da temporada regular após o “adversário” também vencer o San Francisco 49ers. Entretanto, Wilson ainda tem tempo de sobra para recuperar a diferença depois de Seattle bater os Vikings no último Monday Night Football, que além de garantir a liderança da NFC West, ficou no topo da Conferência Nacional junto a Saints e Niners.

Wilson não teve grandes atuações no comando do ataque dos Seahawks desde a semana 9, quando passou para 378 jardas, cinco touchdowns e um rating de 133.7. No último embate não foi diferente, já que mesmo ajudando a equipe a marcar 37 pontos, sofreu uma interceptação que virou uma pick six e um sack que quase custou o resultado final do confronto.

Claro que o fechamento trouxe um lado positivo para Russell Wilson. Além das 240 jardas aéreas, o signal caller completou dois passes para touchdowns que o isoloram com o maior número de TDs da NFL até aqui, com 26. Fora manter um rating médio de 111.1 após 13 semanas.

Três dos últimos quatro jogos do Seattle Seahawks na temporada regular são contra os seus rivais de divisão. O último é a decisiva partida contra San Franscisco, que além de definir a classificação (e de que forma ela será) aos playoffs, poderá ser o peso na balança pelo troféu de MVP.

#3 Deshaun Watson – QB – Houston Texans

Campanha dos Texans: 8-4

deshaun_watson_houston_texansUm pouco mais longe dos dois citados acima vem Deshaun Watson. O quarterback dos Texans teve grandes momentos contra Raiders (quando inclusive marcou um touchdown após levar um chute), Jaguars, Colts e Patriots (atuando bem contra uma das melhores defesas da temporada), mas não conseguiu desenvolver bem seu estilo de jogo contra os Ravens de Lamar.

A regularidade de Watson tem se refletido até nos seus números: são 28 touchdowns totais (23 aéreos), 3.133 jardas e sete interceptações. Só que o rating médio de 105.7 é reflexo das sete partidas nas quais o camisa 4 ficou com seu rating acima dos 100.

A grande questão é que para Deshaun Watson chegar no patamar dos dois acima dele nesta corrida, além dele vencer os rivais e conquistar a divisão, ele terá que ter atuações espetaculares contra Broncos, Buccaneers e Titans (duas vezes) para sonhar com o prêmio de MVP. Ele que bateu duas vezes na trave pelo Heisman Trophy enquanto jogava no college football por Clemson.

Watson tem quatro semanas para superar todas as dificuldades, principalmente da sua linha ofensiva, para ter o melhor ano da sua carreira como profissional.

(Foto: Reprodução Site/Houston Texans)

#4 Michael Thomas – WR – New Orleans Saints

Campanha dos Saints: 10-2

Michael Thomas New Orleans SaintsDeixar Michael Thomas fora desta terceira lista seria uma heresia absurda. O wide receiver lidera a NFL com 1.242 jardas recebidas nesta temporada, além de seis TDs. O recebedor passou das 100 jardas em sete partidas em 2019, com uma média de 108 por confronto, se provando a cada ano como o melhor da posição em toda a NFL, mesmo cercado de nomes renomados.

Mesmo que não tenha uma chance real de ganhar o prêmio, ele está fazendo uma temporada ridícula. Mesmo com os Saints sendo a 14ª equipe na NFL em tentativa de passe e com as defesas cientes de que ele é a principal arma do ataque de New Orleans e que tem o número de passes na sua direção em um crescimento gradativo a cada semana – considerando que nenhum outro recebedor dos Saints chegou na marca de 500 jardas nesta temporada -, contudo o grande volume de jogadas em cima de Thomas não prejudicou sua eficiência.

O camisa 13 tem a média mais alta da sua carreira, de 9,8 jardas por passes recepcionados, mesmo jogando sob o comando ofensivo de dois quarterbacks diferentes neste ano: Drew Brees e Teddy Bridgewater. Claro que mesmo com Brees fora de combate pela lesão sofrida na mão, a unidade ofensiva de NOLA sobreviveu e conquistou vitórias. Entretanto, a vida da franquia sem o jogador de 26 anos para mover as correstes seria impensável e o título da divisão sul da NFC seria extremamente difícil (pelo menos não com quatro semanas de antecedência).

Michael Thomas merece todos os créditos e reconhecimento de uma temporada digna do prêmio de MVP, pelo menos do New Orleans Saints. Não à toa o seu user nas redes sociais é “can’t guard Mike” (você não pode marcar o Mike).

(Foto: Reprodução Twitter/NFL)

#5 Christian McCaffrey – RB – Carolina Panthers

Campanha dos Panthers: 5-7

McCaffrey_PanthersParece que ser a única arma eficiente em um ataque unilateral foi o grande problema para McCaffrey nas últimas quatro semanas. São quatro derrotas seguidas para ele e sua franquia, das quais o camisa 22 não passou das 100 jardas terrestres e anotou apenas dois touchdowns.

Mesmo com um desempenho justo como recebedor, com umas das partidas conquistando 121 jardas aéreas, as defesas que enfrentam os Panthers já sabem que a grande chance de uma vitória da franquia de Carolina passa pelos pés e pelas mãos do running back e se preparam para isso.

Para dificultar ainda mais a vida do jogador de 23 anos, que já não conta com a ajuda de Cam Newton (fora da temporada por lesão), o front office do Carolina Panthers demitiu o head coach Ron Rivera com quatro partidas restantes para o fim da temporada regular de 2019 da NFL.

Christian McCaffrey já não lidera mais a liga em jardas terrestres após a semana 13, mas suas 1.811 jardas de scrimmage (1.167 jardas terrestres e 644 jardas aéreas), 12 touchdowns terrestres e quatro recebidos ainda mantêm o jogador como um dos candidatos ao prêmio de jogador mais valioso da liga nesta temporada, mesmo sendo remotas as chances de ele levantar o caneco.

(Foto: Reprodução Twitter/Carolina Panthers)

Menções honrosas (nomes que podem integrar os próximos rankings)

Aaron Rodgers – QB – Green Bay Packers

Patrick Mahomes – QB – Kansas City Chiefs

Shaquil Barrett – LB – Tampa Bay Buccaneers

Stephon Gilmore – CB – New England Patriots

LEIA MAIS: MVP Race mês 1 | MVP Race mês 2

Oddsshark