20/02/2020 - 18h15

NBA Power Ranking 2019/2020 The Playoffs: mês 4

Times do Leste vão mostrando força e dominam top 5, enquanto os líderes são os mesmos; confira a lista atualizada!

TORONTO, ON - FEBRUARY 10: Pascal Siakam #43 of the Toronto Raptors reacts after sinking a basket during the second half of an NBA game against the Minnesota Timberwolves at Scotiabank Arena on February 10, 2020 in Toronto, CanadaNo ar mais um Power Ranking da NBA no The Playoffs! E nada mudança na liderança: o Milwaukee Bucks ainda é a melhor equipe da liga no quarto mês da nossa avaliação. Seguido, novamente, pelo Los Angeles Lakers.

Vale o destaque para o Toronto Raptors, que disparou ao top 3 do ranking após vencer 15 jogos seguidos e mostrar força mesmo sem Kawhi Leonard. Já o time atual do astro, o Los Angeles Clippers, não engrenou ainda como esperado.

Temos uma novidade lá embaixo: com uma campanha terrível e cheio de problemas extra-quadra, o Cleveland Cavaliers agarra a lanterna pela primeira vez na temporada.

Explicamos tudo abaixo, posição por posição. Antes de apresentar toda a lista, entenda como funciona o Power Ranking do The Playoffs.

(Foto: Vaughn Ridley/Getty Images)

COMO FUNCIONA

A posição de cada time no Power Ranking do The Playoffs é definida por um comitê do site que conta com Guilherme Rodrigues, Jorge de Sousa, Pedro Moreira, Piero Fiorelli (USA na Rede) e Thiago Passarelli. Os cinco dão notas para as equipes levando  em conta campanhas, a força dos elencos em geral (considerando lesões também), o desempenho em cada partida (além da força dos adversários) e a perspectiva delas neste momento. A partir da média, listamos as franquias neste ranking. Ou seja, um time com melhor campanha pode estar atrás de outro de menos vitórias, pois analisamos diversos aspectos.

POWER RANKING THE PLAYOFFS #4 – NBA 2019/2020

2019 Milwaukee Bucks Logo

#1 Milwaukee Bucks (posição anterior: #1)

Mais um ranking, mais uma vez o Milwaukee Bucks na frente. O time de melhor campanha da NBA mantém essa condição de maneira muito tranquila e sem discussão. São apenas duas derrotas desde a última avaliação e não é difícil projetar essa equipe alcançando pelo menos 70 vitórias nesta temporada. Giannis Antetokounmpo, por sua vez, caminha a passos largos para ser o bi-MVP.

Campanha: 46-8

2019 Los Angeles Lakers Logo

#2 Los Angeles Lakers (posição anterior: #2)

E os Lakers também seguem em segundo lugar. Se os Bucks lideram o ranking sem discussão, podemos dizer que o time de Los Angeles é também o vice com sobras. Apesar de alguns escorregões recentes na temporada, especialmente depois da morte trágica de Kobe Bryant – o que é fácil de entender -, eles seguem na liderança do Oeste com folga e têm LeBron James e Anthony Davis voando, o que torna o hype maior.

Campanha: 41-12

2019 Toronto Raptors Logo

#3 Toronto Raptors (posição anterior: #8)

O time canadense é a maior surpresa da temporada. Quem esperava uma queda de produção com a saída de Kawhi Leonard vê Toronto jogando na mesma pegada do ano passado, ainda que sem um protagonista do mesmo peso. Os Raptors chegaram a enfileirar 15 vitórias seguidas nas últimas semanas, recorde da história da franquia. Olho neles!

Campanha: 40-15

2019 Boston Celtics Logo

#4 Boston Celtics (posição anterior: #7)

Os Celtics estão entre os times que mais cresceram nas últimas semanas. Apenas duas derrotas no período e vitórias expressivas contra Heat, 76ers e Clippers fazem desse time cada vez mais uma ameaça real no Leste. Destaque para Jayson Tatum, que enfim está tendo aquela evolução que esperávamos dele ano passado.

Campanha: 38-16

2019 Denver Nuggets Logo

#5 Denver Nuggets (posição anterior: #5)

Os Nuggets mantiveram regularidade desde o último ranking e por isso ficam onde estão. Vale citar uma importante vitória contra o Milwaukee Bucks no fim de janeiro e um jogo muito duro contra o Los Angeles Lakers antes do all-star break.

Campanha: 38-17

2019 Los Angeles Clippers Logo

#6 Los Angeles Clippers (posição anterior: #6)

Eu esperava que os Clippers já estivessem mais acima no ranking neste momento da temporada, mas eles ainda não fizeram por merecer. O time não consegue embalar uma boa sequência de jogos e constantemente perde Kawhi Leonard (poupado) e Paul George (lesionado), o que muda bem a perspectiva dessa equipe, ainda mais considerando os concorrentes do Oeste. Vale citar aqui os reforços interessantes que chegaram naquele que reputava já como o melhor elenco da NBA: Marcus Morris e Reggie Jackson.

Campanha: 37-18

2019 Utah Jazz Logo

#7 Utah Jazz (posição anterior: #3)

Momento de oscilação em Utah. São 5 vitórias e 5 derrotas desde o último ranking e o time parece que perdeu um pouco daquele fôlego do começo de temporada. Vale dizer que as cinco derrotas foram seguidas e no momento o Jazz acumula quatro triunfos em sequência. Sinto falta de um Donovan Mitchell mais decisivo e regular para levar essa equipe a outro patamar.

Campanha: 36-18

2019 Miami Heat Logo

#8 Miami Heat (posição anterior: #4)

Depois de um começo de temporada arrasador, o Heat começa a dar sinais de perder um pouco o fôlego. Foram mais derrotas que vitórias desde o último ranking, incluindo duas para os Clippers. Ainda que sejam resultados normais, mostram talvez que o time esteja próximo do limite. Vejamos se as boas contratações de Andre Iguodala e Jae Crowder ajudam na retomada.

Campanha: 35-19

2019 Houston Rockets Logo

#9 Houston Rockets (posição anterior: #12)

Os Rockets são aquele time que numa noite vence os Lakers em Los Angeles e no dia seguinte perdem para os Suns por 36 pontos – sim, isso aconteceu de verdade. Porém, parece estar em franca evolução e por isso entra no top 10. Enquanto James Harden experiencia certa queda de produção, Russell Westbrook vai assumindo seu papel favorito, de co-protagonista. A perda de Clint Capela não parece muito sentida e Mike D’Antoni vem implantando de vez o “small ball”, jogando sem pivô por 48 minutos.

Campanha: 34-20

2019 Oklahoma City Thunder Logo

#10 Oklahoma City Thunder (posição anterior: #13)

Outra das grandes surpresas da temporada. Era esperado que se livrasse de muitos jogadores no trade deadline, mas OKC quer ir para os playoffs e está bem encaminhado para isso, assim, eles mantiveram esse elenco que teve um rápido encaixe e joga um basquete bem divertido.

Campanha: 33-22

2019 Philadelphia 76ers Logo

#11 Philadelphia 76ers (posição anterior: #11)

25-2 em casa, 9-19 fora. Esse é o Philadelphia 76ers, o time mais 8 ou 80 da NBA. Dos últimos 10 jogos, foram 5 vitórias em Philly e 5 derrotas em outras quadras. Brett Brown precisa dar um jeito de resolver esse problema o quanto antes se acredita mesmo que os Sixers podem ir longe na pós-temporada. Vale dizer que entre as vitórias recentes estão adversários como Clippers e Lakers. Potencial esse time tem. Gostei muito da aquisição de Alec Burks no trade deadline.

Campanha: 34-21

2019 Dallas Mavericks Logo

#12 Dallas Mavericks (posição anterior: #9)

Sem Doncic, machucado, os Mavs caíram de produção nas últimas partidas. Mas o esloveno está recuperado, então espere Dallas novamente vencendo jogos. Atualmente em sétima no Oeste, a equipe pode almejar posições melhores.

Campanha: 33-22

2019 Indiana Pacers Logo

#13 Indiana Pacers (posição anterior: #10)

Os Pacers caíram muito de produção nas últimas partidas e até de forma inexplicável, já que com a volta de Victor Oladipo esperava-se uma melhora. Foram seis derrotas seguidas em fevereiro e com Oladipo muito abaixo do que pode. Fica como alento a vitória contra os Bucks antes do ASG, mas que foi sem Antetokounmpo do outro lado.

Campanha: 32-23

2019 Memphis Grizzlies Logo

#14 Memphis Grizzlies (posição anterior: #15)

Os Grizzlies foram de candidatos a primeira escolha do Draft a super favorito para a oitava vaga do Oeste em pouco tempo. Campanha sensacional dessa equipe muito jovem, mas também muito talentosa e ainda em reconstrução. Apenas duas derrotas desde o último ranking e a distância para o nono colocado da conferência já é de quatro jogos. Aliás, vantagem estabelecida em confronto direto contra os Blazers (o 9º) no último jogo antes do break.

Campanha: 28-26

2019 Brooklyn Nets Logo

#15 Brooklyn Nets (posição anterior: #19)

Os Nets vão mostrando evolução a cada jogo. A ausência de Kyrie Irving, que agora deve passar por uma cirurgia, pesa muito, mas o astro jogou tão pouco pela equipe que é como se ele ainda não fizesse parte dela. Por isso, Brooklyn vai se virando com o que tem. A vitória contra os Raptors, que acabou com a sequência invicta dos canadenses, foi bastante animadora.

Campanha: 25-28

2019 Portland Trail Blazers Logo

#16 Portland Trail Blazers (posição anterior: #20)

Graças a uma sequência absurda de Lillard, Portland cresceu de produção nos últimos jogos e por isso sobe no ranking. Mesmo assim, ainda é uma equipe bastante irregular e que depende totalmente do astro. Dame, aliás, se machucou antes do All-Star Game e pode ser desfalque nas próximas partidas. Aí complica!

Campanha: 25-31

2019 Orlando Magic Logo

#17 Orlando Magic (posição anterior: #14)

Com uma tonelada de derrotas na bagagem, Orlando cai no ranking e vai sentido que até a oitava vaga do Leste pode estar ameaçada. Ao menos o time do Mickey vem de duas vitórias antes da pausa e pode sonhar com melhores resultados a partir desta semana, mas é um elenco limitado.

PS: Não tem nada a ver com o ranking, mas fica aqui nosso protesto pela derrota injusta do Aaron Gordon no torneio de enterradas!

Campanha: 24-31

2019 New Orleans Pelicans Logo

#18 New Orleans Pelicans (posição anterior: #17)

Confesso que esperava os Pelicans mais acima no ranking, porque é evidente que o time melhorou bastante desde a estreia de Zion Williamson. Jogando como veterano, o calouro foi cestinha da equipe já em cinco partidas e vem de duas com 32 e 31 pontos, respectivamente. Se tiver jogo de New Orleans em alguma rodada, programe-se para ver e se divertir. Playoff, no entanto, é um sonho distante.

Campanha: 23-32

2019 Washington Wizards Logo

#19 Washington Wizards (posição anterior: #26)

Olha Washington pegando o elevador! Pra cima, o que é a surpresa… Bradley Beal (quinto cestinha da temporada) vem fazendo partidas espetaculares e conduz os Wizards a uma inesperada briga por playoffs, já que o Magic vem dando essa oportunidade – são apenas três jogos de distância.

Campanha: 20-33

2019 San Antonio Spurs Logo

#20 San Antonio Spurs (posição anterior: #16)

O dia que parecia que nunca chegaria se aproxima. San Antonio está perto de ficar fora dos playoffs após séculos e nem Gregg Popovich vem sendo capaz de dar um rumo diferente a essa equipe. Ainda que DeMar DeRozan tenha feito alguns jogos recentes muitos bons, o elenco é medíocre e pouco pode oferecer para ajudar sua principal estrela.

Campanha: 23-31

2019 Phoenix Suns Logo

#21 Phoenix Suns (posição anterior: #18)

Phoenix é outro time que nos iludiu por algum tempo, mas que vem caindo na real nas últimas semanas. Tem muito talento ali, mas que não se traduz em consistência e quando se joga no Oeste, isso faz falta. De positivo, Devin Booker, que conseguiu uma vaguinha de última hora no All-Star Game e tá jogando muita bola.

Campanha: 22-33

2019 Sacramento Kings Logo

#22 Sacramento Kings (posição anterior: #24)

Os Kings vêm de campanha positiva desde o último ranking, por isso sobem um pouquinho aqui. Vitórias contra Clippers e Heat nesse meio tempo mostram que, mesmo longe dos playoffs de novo, um trabalho está sendo feito, especialmente com os jovens Buddy Hield e De’Aaron Fox crescendo de produção.

Campanha: 21-33

2019 Charlotte Hornets Logo

#23 Charlotte Hornets (posição anterior: #25)

Os Hornets fazem uma campanha dentro do esperado e sobem de produção mais por quedas de concorrentes do que por méritos próprios. A missão lá é desenvolver os jovens talentos e isso vai acontecendo aos poucos.

Campanha: 18-36

2019 Chicago Bulls Logo

#24 Chicago Bulls (posição anterior: #22)

Os Bulls têm uma oportunidade de ouro para voltar aos playoffs, mas não estão fazendo por merecer. Apenas duas vitórias desde o último ranking e seis derrotas seguidas (em andamento)…

Campanha: 19-36

2019 Detroit Pistons Logo

#25 Detroit Pistons (posição anterior: #21)

O que já era ruim ficou pior. Detroit perdeu Blake Griffin por lesão, trocou Andre Drummond por dois sacos de arroz e dispensou Reggie Jackson, o que torna um time totalmente desfuncional em terra arrasada. O objetivo é recomeçar um rebuild que parece já eterno.

Campanha: 19-38

2019 New York Knicks Logo

#26 New York Knicks (posição anterior: #27)

Acredite se quiser, mas os Knicks têm campanha 5-5 desde o último ranking. Nada mal para uma equipe totalmente bagunçada e que já demitiu técnico e presidente recentemente. New York embalou até uma inédita sequência de quatro vitórias no começo do mês… a perda de Marcus Morris, no entanto, indica que mais derrotas que triunfos devem vir até o final da temporada, como sempre.

Campanha: 17-38

2019 Minnesota Timberwolves Logo

#27 Minnesota Timberwolves (posição anterior: #23)

Minnesota não toma jeito. Os Wolves chegaram a perder 13 jogos seguidos recentemente e estão totalmente fora de brigas por playoffs, mais uma vez. Para piorar, Karl-Anthony Towns machucou de novo e não tem previsão de retorno. D’Angelo Russell chegou em troca por Andrew Wiggins, mas vai ter que levar o time nas costas.

Campanha: 16-37

2019 Atlanta Hawks Logo

#28 Atlanta Hawks (posição anterior: #30)

É certo que os Hawks poderiam ter uma campanha melhor, mas vejo um caminho bem trilhado nessa equipe. Trae Young segue jogando um absurdo e se entendendo muito bem com John Collins, enquanto Clint Capela veio em troca com os Rockets e, quando saudável, pode elevar bem o nível da equipe. Atlanta ainda é o time do futuro.

Campanha: 15-41

2019 Golden State Warriors Logo

#29 Golden State Warriors (posição anterior: #29)

Os Warriors seguem sua trágica campanha e já se conformaram em ser um dos piores times da NBA. Resta o alento do possível retorno em breve de Stephen Curry e do encaixe do novo reforço Andrew Wiggins para que o fim desta temporada seja mais digno.

Campanha: 12-43

2019 Cleveland Cavaliers Logo

#30 Cleveland Cavaliers (posição anterior: #28)

Depois de trabalhar muito por isso, os Cavs enfim chegaram ao fundo do poço ranking. A gota d’água veio com a saída do técnico John Beilein, que chegou no começo da temporada. Uma bagunça total! Mas como era sabido que o treinador não era muito querido no elenco e com a aquisição inesperada de Andre Drummond, acredito que Cleveland possa subir alguns degraus na nossa próxima avaliação, mais leve de espírito e reforçado.

Campanha: 14-40

Texto de Ricardo Pilat

RANKING ANTERIORES: Mês 1 | Mês 2 | Mês 3

Oddsshark