23/01/2020 - 18h26

NBA Power Ranking 2019/2020 The Playoffs: mês 3

Milwaukee Bucks segue na liderança e Utah Jazz “atropela” na terceira versão do nosso ranking; confira!

No ar mais um Power Ranking da NBA no The Playoffs! No terceiro mês de avaliação, o top 2 segue o mesmo: Milwaukee Bucks na frente e Los Angeles Lakers atrás.

O Utah Jazz é disparado o que mais evoluiu, saindo de 12º para o terceiro lugar. Outro que merece destaque é o Memphis Grizzlies, que saiu de 23º para 15º. Já entre as quedas, destaques para Sacramento Kings e Brooklyn Nets.

Explicamos tudo abaixo, posição por posição. Antes de apresentar todo a lista, entenda como funciona o Power Ranking do The Playoffs.

(Foto: Reprodução Twitter/Milwaukee Bucks)

COMO FUNCIONA

A posição de cada time no Power Ranking do The Playoffs é definida por um comitê do site que conta com Guilherme Rodrigues, Jorge de Sousa, Pedro Moreira, Piero Fiorelli (USA na Rede) e Thiago Passarelli. Os cinco dão notas para as equipes levando  em conta campanhas, a força dos elencos em geral (considerando lesões também), o desempenho em cada partida (além da força dos adversários) e a perspectiva delas neste momento. A partir da média, listamos as franquias neste ranking. Ou seja, um time com melhor campanha pode estar atrás de outro de menos vitórias, pois analisamos diversos aspectos.

POWER RANKING THE PLAYOFFS #3 – NBA 2019/2020

2019 Milwaukee Bucks Logo

#1 Milwaukee Bucks (posição anterior: #1)

Com o segundo melhor ataque e a melhor defesa da liga, os Bucks seguem passeando no Leste. Estamos em janeiro e o time já parece garantido como a melhor campanha de sua conferência. Além de ser o líder, o craque Giannis Antetokounmpo não está precisando se desgastar tanto. O grego está anotando 30 pontos, 12,9 rebotes, 5,6 assistências, 1,1 roubo e 1 toco por jogo. Tudo isso em apenas 30,6 minutos em média.

Campanha: 39-6

2019 Los Angeles Lakers Logo

#2 Los Angeles Lakers (posição anterior: #2)

Com 25,5 pontos, 7,6 rebotes e 11 assistências, LeBron James está tendo uma temporada espetacular. Com ele em quadra, os Lakers funcionam e jogam exatamente como espera a torcida. A única coisa que precisa ser ajustada é como fazer o ataque funcionar quando LeBron está descansando no banco. Olhando a longo prazo, a boa notícia é que o “King” não costuma passar muito tempo no banco quando assunto é playoffs.

Campanha: 35-9

2019 Utah Jazz Logo

#3 Utah Jazz (posição anterior: #12)

Essa subida no ranking não é por acaso. Desde 11 de dezembro, o Utah Jazz é o melhor time da liga. Eles estão 17-2 nesse período, com um rating ofensivo (número de pontos ajustado por 100 posses de bola) de 119,4 – uma marca que quebraria o recorde da NBA por uma temporada inteira – e um rating defensivo de 107,8. O time titular de Donovan Mitchell, Joe Ingles, Royce O’Neal, Bojan Bogdanovic e Rudy Gobert superou os adversários em 193 pontos em 338 minutos. A única dúvida é ver como o time vai funcionar com a possível volta de Mike Conley ao quinteto.

Campanha: 31-13

2019 Miami Heat Logo

#4 Miami Heat (posição anterior: #4)

O Heat segue sendo a grande surpresa da temporada. O time de Bam Adebayo, Jimmy Butler, Kendrick Nunn, Tyler Herro e companhia tem um dos melhores ataques da temporada e está na segunda colocação do Leste. Por isso, segue bem colocado aqui também. O único ponto negativo na temporada é a instabilidade da defesa nos grandes jogos.

Campanha: 31-13

2019 Denver Nuggets Logo

#5 Denver Nuggets (posição anterior: #6)

Nikola Jokic realmente despertou para a temporada. Desde 1º de dezembro, ele tem uma média de 21 pontos (54% de FG, 39% de três), com 9,7 rebotes e 6,6 assistências por jogo. Outro sinal promissor para os Nuggets: o rookie Michael Porter Jr. chegou de vez para a liga, com oito jogos de dois dígitos de pontuação nos últimos 13 jogos.

Campanha: 30-14

2019 Los Angeles Clippers Logo

#6 Los Angeles Clippers (posição anterior: #3)

Os Clippers continuam sendo um dos favoritos ao título e jogaram muito bem quando todos os jogadores estavam saudáveis. A formação de Patrick Beverley, Lou Williams, Paul George, Kawhi Leonard e Montrezl Harrell superou os adversários em mais de 20 pontos por 100 posses. Mas as lesões têm sido um grande problema e explicam essa queda. Essa formação jogou apenas 46 minutos juntos, e George e Leonard só atuaram juntos em 18 jogos este ano.

Campanha: 31-14

2019 Boston Celtics Logo

#7 Boston Celtics (posição anterior: #5)

Boston está passando por um momento de instabilidade e deve ligar o sinal de alerta se quiser garantir o mando de quadra na primeira rodada dos playoffs. Apesar de não ser tradicional do Danny Ainge (GM dos Celtics), seria muito interessante o time atacar o mercado de trocas e procurar o “big men” que o time tanto precisa. Apesar de boas vitórias esta semana, os Celtics caem um pouco aqui.

Campanha: 29-14

2019 Toronto Raptors Logo

#8 Toronto Raptors (posição anterior: #10)

Quando todo mundo imaginava que os Raptors cairiam na tabela, o time seguiu competindo em alto nível mesmo com o número bizarro de lesões. Agora, com VanVleet, Gasol, Lowry e Siakam saudáveis, o time parece jogar ainda melhor do que no início da temporada.

Campanha: 30-14

2019 Dallas Mavericks Logo

#9 Dallas Mavericks (posição anterior: #7)

Com quatro vitórias consecutivas (antes da derrota para os Clippers), o time conseguiu finalmente uma “streak” após um período de 16 jogos em que nunca venceu mais de duas seguidas. A ausência de Porzingis em boa parte de janeiro pesa e seu retorno agora já se mostrou importante em Dallas. E Luka Doncic… bom, ele “só” está liderando o time em pontos, rebotes e assistências.

Campanha: 27-16

2019 Indiana Pacers Logo

#10 Indiana Pacers (posição anterior: #11)

Os Pacers seguem jogando bem, mesmo ainda esperando o retorno de Victor Oladipo (prestes a voltar). Malcolm Brogdon e Domantas Sabonis são os grandes destaques do time e ambos são postulantes a disputar o All-Star Game.

Campanha: 29-16

2019 Philadelphia 76ers Logo

#11 Philadelphia 76ers (posição anterior: #9)

Ben Simmons está jogando muito bem na ausência de Joel Embiid, com média de 21,3 pontos, 9 rebotes e 8 assistências por jogo, com 62% de FG nos últimos sete jogos. A questão, como sempre, é se ele e Embiid podem trazer o melhor um para o outro e se os Sixers conseguem resolver isso quando os dois estão em quadra. O time vem perdendo mais jogos do que deveria, principalmente fora de casa.

Campanha: 29-17

2019 Houston Rockets Logo

#12 Houston Rockets (posição anterior: #8)

Os Rockets caíram para o sexto lugar do Oeste e estão sofrendo para embalar em 2020. Parte disso é porque James Harden está passando por uma instabilidade durante uma temporada histórica. O barba está arremessando 35,8% de quadra e 26% dos três em janeiro.

Campanha: 27-16

2019 Oklahoma City Thunder Logo

#13 Oklahoma City Thunder (posição anterior: #13)

É muito difícil prever o que vai acontecer com o Thunder no restante da temporada enquanto não chegar o trade deadline. Todos os dias os nomes de Danilo Gallinari, Steven Adams, Chris Paul e Dennis Schroder são especulados em trocas. O que mais impressiona é que mesmo com o clima de incertezas, OKC vem sendo um dos times mais legais de assistir na NBA e está muito bem colocado no Oeste.

Campanha: 26-19

2019 Orlando Magic Logo

#14 Orlando Magic (posição anterior: #17)

O Magic é aquele time que não empolga, mas tem tudo que precisa para garantir uma vaguinha de playoffs no Leste: Boa defesa e alguma “consistência”. O time ainda sente a falta do ótimo Jonathan Isaac, que talvez não jogue mais na temporada, mas as atuações de Markelle Fultz estão ocupando o vazio no coração dos torcedores. O triple-double do Fultz no Staples Center, na vitória contra os Lakers, com certeza foi o grande momento do Magic na temporada. O time tem campanha positiva no último período de avaliação e sobe no ranking.

Campanha: 21-24

2019 Memphis Grizzlies Logo

#15 Memphis Grizzlies (posição anterior: #23)

Jaren Jackson e Ja Morant estão se entendendo cada vez mais. Jonas Valanciunas e Dillon Brooks estão tendo a temporada da vida. E Brandon Clarke sempre vem bem do banco. Nada mal para um time em reconstrução, hein?! Definitivamente na briga por playoffs, com campanha 10-5 desde o ranking anterior.

Campanha: 20-24

2019 San Antonio Spurs Logo

#16 San Antonio Spurs (posição anterior: #20)

DeRozan chegou a embalar 13 jogos consecutivos com pelo menos 20 pontos e 50% de FG (recorde da fraquia) e colocou San Antonio de volta na briga pela oitava vaga do Oeste. O mantra segue o mesmo: nunca duvide dos Spurs.

Campanha: 20-23

2019 New Orleans Pelicans Logo

#17 New Orleans Pelicans (posição anterior: #27)

A espera finalmente acabou. Zion Williamson fez a sua estreia e já mostrou suas credenciais (22 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 4/4 em bolas de três). Difícil dizer se será o suficiente para fazer playoffs, mas um time com Zion, Ingram e Jrue Holliday com certeza merece ser assistido e sobe bem de patamar. Aliás, mesmo sem Zion, New Orleans já vinha jogando bem melhor.

Campanha: 17-28

2019 Phoenix Suns Logo

#18 Phoenix Suns (posição anterior: #18)

Monty Williams segue procurando seu quinteto ideal após a volta do pivô Deandre Ayton. Vários jogadores já foram testados e a experiência com o jovem atuando ao lado de Aron Baynes definitivamente não deu certo. Uma boa notícia para o torcedor é Mikal Bridges, que voltou a acertar seus arremessos e está sendo uma peça importante em 2020.

Campanha: 18-26

2019 Brooklyn Nets Logo

#19 Brooklyn Nets (posição anterior: #14)

Brooklyn despencou após o natal e mesmo com a volta do Kyrie, ainda segue com dificuldade de recuperar o nível da temporada passada. O que segura os Nets dentro do top-20 é que o time segue em zona de playoffs, mesmo jogando mal e tendo um net rating de -10,2 no último período dos jogos. É necessário melhorar a atuação em quartos períodos.

Campanha: 18-24

2019 Portland Trail Blazers Logo

#20 Portland Trail Blazers (posição anterior: #16)

Segue sendo a grande decepção da temporada. Eles não conseguem embalar e a lesão do armador CJ McCollum é mais um complicador para o futuro. Buscando mais estabilidade defensiva, os Blazers trocaram Kent Bazemore pelo veterano Trevor Ariza. Vamos ver se o time consegue alguma evolução.

Campanha: 19-26

2019 Detroit Pistons Logo

#21 Detroit Pistons (posição anterior: #21)

Após a lesão que tirou Blake Griffin da temporada, os rumores de uma possível troca do pivozão Andre Drummond só aumentaram. Mesmo com algumas incertezas quanto ao futuro do elenco, o time vem conseguindo alumas vitórias e o ano de jogadores como Derrick Rose, Drummond e Sekou Doumboya (rookie) é bem legal.

Campanha: 17-28

2019 Chicago Bulls Logo

#22 Chicago Bulls (posição anterior: #24)

O time segue tendo uma boa defesa, mas os Bulls não conseguem empolgar o seu torcedor. O símbolo da temporada decepcionante talvez seja o finlandês Lauri Markkanen, que está tendo as piores médias da carreira. Mesmo assim, Chicago ganha algumas posições graças a desempenhos piores de alguns concorrentes.

Campanha: 17-29

2019 Minnesota Timberwolves Logo

#23 Minnesota Timberwolves (posição anterior: #22)

Karl-Anthony Towns perdeu 15 jogos lesionado e isso fez com que o nível do ataque de Minnesota despencasse (de 14º em rating ofensivo para 29º no período sem sua estrela). Com a volta de seu melhor jogador, talvez os Wolves recuperem o melhor nível. O problema segue sendo descobrir como construir uma boa unidade defensiva com Wiggins e Towns em quadra.

Campanha: 15-29

2019 Sacramento Kings Logo

#24 Sacramento Kings (posição anterior: #15)

Os Kings estão tendo uma temporada muito complicada devido às inúmeras lesões. Mesmo assim, é bastante decepcionante como o time piorou em janeiro e só venceu 4 dos últimos 19 jogos.

Campanha: 15-29

2019 Charlotte Hornets Logo

#25 Charlotte Hornets (posição anterior: #19)

Após um início que indicava briga pelos playoffs, os Hornets voltaram à realidade a partir da metade de novembro (9-22 desde o dia 18). Desde o último ranking, foram apenas duas vitórias… A boa notícia segue sendo Devonte Graham, que tem médias de 18,6 pontos e 7,7 assistências, com 38,6% de aproveitamento da linha dos três pontos.

Campanha: 13-18

2019 Washington Wizards Logo

#26 Washington Wizards (posição anterior: #25)

O ataque dos Wizards é divertido demais de assistir. Bradley Beal é um grande talento, Rui Hachimura está de volta após um período lesionado e Davis Bertans é um dos grandes arremessadores da temporada. O problema é que o time não defende ninguém e assim realmente fica muito difícil ganhar jogos e sonhar com coisas maiores.

Campanha: 14-29

2019 New York Knicks Logo

#27 New York Knicks (posição anterior: #26)

Mesmo reconhecendo que o maior problema dos Knicks não era David Fizdale, os Knicks estão jogando melhor após a mudança no corpo técnico. A rotação faz mais sentido e o time consegue competir em algumas noites. Mesmo assim, seguem na parte debaixo deste ranking, com todos os méritos.

Campanha: 12-33

2019 Cleveland Cavaliers Logo

#28 Cleveland Cavaliers (posição anterior: #28)

A grande expectativa com os Cavs é ver o que eles vão fazer no mercado de trocas. Tristan Thompson e Kevin Love são nomes que interessam a diversos times e não fazem sentido no futuro de Cleveland. Em quadra até temos alguns lampejos dos jovens, mas o time ainda é pouco competitivo e sofre para conseguir uma sequência de vitórias.

Campanha: 12-32

2019 Golden State Warriors Logo

#29 Golden State Warriors (posição anterior: #30)

Pela primeira vez no ano, o atual vice-campeão não está na lanterna do power ranking!

Os jovens jogadores estão evoluindo e o time consegue competir nas noites em que Draymond Green e D’Angelo Russell estão disponíveis. Faltando menos de três semanas para o prazo final das negociações, a grande questão é se eles trocarão D’Lo. E dizem que Stephen Curry volta no começo de março, hein?!

Campanha: 10-36

2019 Atlanta Hawks Logo

#30 Atlanta Hawks (posição anterior: #29)

Com John Collins voltando ao ritmo ideal e a chegada do armador Jeff Teague, a expectativa é que os Hawks cresçam nas próximas semanas (a vitória contra os Clippers ontem pode ser um indício). Mas, apesar de existir uma boa margem de melhora, os Hawks tiveram um dezembro bem ruim e agora estão na lanterna do Leste.

Campanha: 11-34

Texto de Piero Fiorelli

RANKING ANTERIORES: Mês 1 | Mês 2

Oddsshark