22/01/2020 - 18h24

All-Star Game da NBA 2020: veja quais seriam os titulares do The Playoffs

Antes do anúncio oficial, confira aqui o "gabarito" do jogo das estrelas com nossas escolhas

Nesta quinta-feira (23), a NBA revela os dez escolhidos para os quintetos titulares no All-Star Game de 2020, que acontece em Chicago. Um dia antes, vem a já tradicional lista de escolhas da equipe do The Playoffs!

Embora sejam cinco jogadores do Leste e cinco do Oeste, os times oficiais serão formados a partir de uma espécie de draft, em que os jogadores mais votados montarão suas equipes independente de conferência. Os titulares serão definidos através de uma matemática que dá 50% de peso ao voto popular, 25% para jogadores e técnicos e mais 25% para membros da mídia.

Aqui fizemos a divisão por conferência mesmo. Seguimos também a divisão oficial da NBA de dois jogadores de backourt (armadores) e outros três de frontcourt (alas e pivôs). Para definir o time, 12 membros da equipe de NBA do TP deixaram seus votos.

Abaixo, você confere como ficaram os quintetos com o resultado dessa eleição. Se liga no gabarito!

CONFERÊNCIA OESTE

James Harden

James Harden (Houston Rockets)

Mais uma vez, Harden faz uma temporada de MVP (embora outros também façam). Ele tem a melhor média de pontos de sua carreira e lidera a NBA no quesito, com quase sete pontos a mais que o segundo (Antetokounmpo). Não há dúvidas que ele deve ser um titular no ASG. Escolha unânime do The Playoffs.

Médias: 36,9 pontos, 7,4 assistências, 6,3 rebotes, 1,6 roubada de bola

Luka Doncic

Luka Doncic (Dallas Mavericks)

Se você achava que Doncic já era um monstro por sua temporada de calouro, o que dizer de seu segundo ano na liga? Suas médias dispararam em relação ao ano passado e o esloveno já é colocado na conversa para ser MVP. E que tal 12 triple-doubles nesta temporada? Escolha fácil aqui. Escolha unânime do The Playoffs.

Médias: 29,1 pontos, 9 assistências, 9,7 rebotes

LeBron James

LeBron James (Los Angeles Lakers)

Com 35 anos, James soube se reinventar para ser ainda protagonista num time com Anthony Davis. The King tem a melhor média de assistências da carreira (por muito) e pela primeira tem médias de double-double. Ao que tudo indica pelas parciais, será eleito novamente ao jogo das estrelas e como capitão.

Médias: 25,2 pontos, 11 assistências, 7,6 rebotes

Kawhi Leonard

Kawhi Leonard (Los Angeles Clippers)

Em sua primeira temporada com os Clippers, Kawhi segue discreto como sempre, mas só no comportamento. Em quadra, ele tem as melhores médias em pontos, assistências e rebotes da carreira e assumiu rapidamente o protagonismo do time de Los Angeles. Embora a concorrência para a posição dele no Oeste seja grande, fica impossível tirá-lo do quinteto.

Médias: 27,1 pontos, 7,4 rebotes, 5 assistências, 2 roubadas de bola

Anthony Davis

Anthony Davis (Los Angeles Lakers)

Fechando nosso quinteto, Anthony Davis é o pivô do Oeste. Outro com forte concorrência, como Nikola Jokic e Karl-Anthony Towns, mas AD está conseguindo dividir protagonismo com LeBron em seu primeiro ano com os Lakers e responsável pelo melhor time da conferência. É impressionante como o ex-Pelicans se adaptou rápido ao novo time.

Médias: 26,6 pontos, 9,3 rebotes, 2,6 tocos

Outros jogadores mencionados pela nossa equipe: Brandon Ingram, Nikola Jokic e Karl-Anthony Towns.

CONFERÊNCIA LESTE

Trae Young

Trae Young (Atlanta Hawks)

Sempre comparado a Luka Doncic por ter sido envolvido numa troca pelo esloveno no Draft de 2018, Young está causando cada vez mais impacto na NBA. Embora os Hawks sejam um desastre, o armador faz sua parte: já está com 10 pontos a mais em média em relação ao ano de calouro e é o terceiro cestinha de toda a NBA. Sim, se Doncic é um all-star, Trae também é, ainda mais no Leste.

Médias: 29,2 pontos, 8,5 assistências, 4,7 rebotes

Kemba Walker

Kemba Walker (Boston Celtics)

No Oeste há pouquíssima discussão, mas no Leste a disputa é bem mais difícil – e nivelada mais embaixo que na outra conferência, diga-se. Walker concorria com alguns nomes mais pesados ou de números mais impactantes, mas foi nosso eleito pela rápida adaptação ao sistema dos Celtics e uma liderança técnica notável em seu primeiro grande desafio real da carreira.

Médias: 22,1 pontos, 5 assistências, 4 rebotes

Jimmy Butler

Jimmy Butler (Miami Heat)

O primeiro ano de Butler em Miami é até acima do esperado! Tanto coletivamente, levando o Heat a ser um dos melhores times da temporada, como individualmente, com as melhores médias de rebote e assistência da carreira. Merece uma vaguinha no Leste.

Médias: 20,2 pontos, 7 rebotes, 6,4 assistências, 1,9 roubada de bola

Resultado de imagem para giannis antetokounmpo

Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks)

Achou a temporada de MVP foi o auge da carreira do grego? Achou errado! Este ano, Giannis tem a melhor média de pontos e rebotes da carreira e ainda refinou seu aproveitamento do perímetro, com média de 32,2%. Imparável, ele é o mais votado do Leste até aqui pelo público e deve ser capitão novamente (MVP também). Escolha unânime do The Playoffs.

Médias: 30 pontos, 12,9 rebotes, 5,6 assistências

Resultado de imagem para joel embiid espn

Joel Embiid (Philadelphia 76ers)

Embiid já teve temporadas melhores em termos de números, mas continua dominante. Embora esteja atualmente machucado, o camaronês venceu uma votação interna apertada para ficar com a posição 5 do Leste, enquanto continua sendo o franchise player dos Sixers.

Médias: 23,4 pontos, 12,3 rebotes, 1,4 toco

Outros jogadores mencionados pela nossa equipe: Pascal Siakam, Ben Simmons, Kyrie Irving, Domantas Sabonis, Malcolm Brogdon, Zach LaVine, Bradley Beal

Assista aos principais jogos da NBA ao vivo, onde estiver, no Watch ESPN. Clique aqui e aproveite sete dias grátis.

Oddsshark