19/04/2017 - 17h17

Jogo de beisebol universitário tem eliminação tripla inusitada

Assista jogada incrível do college baseball que só aconteceu uma única vez na história da MLB

Quem acompanha os esportes americanos no âmbito universitário sabe que tudo é possível quando os jogos estão sendo disputados. Desde viradas impressionantes e performances históricas, o telespectador pode esperar emoções fortes em uma partida organizada pela NCAA. E mais uma vez isso aconteceu, dessa vez em um jogo de beisebol entre Kentucky Wildcats e Louisville Cardinals nesta terça-feira em Lexington, KY.

O momento histórico foi uma triple play (eliminação tripla) que ocorreu na segunda entrada. A jogada foi inusitada por conta da ordem de jogadores de defesa envolvidos, chamada de 7-2-6.

Com dois jogadores em posição de anotar corridas (segunda e terceira base), o left fielder (7) de Kentucky eliminou o rebatedor adversário com uma flyout, lançou a bola para o catcher (2) no home plate, que eliminou mais um, e este mandou a bolinha para a third base, onde o shortstop (6) fez a terceira e última eliminação, encerrando a entrada.

Para se ter uma noção de como esta jogada é extraordinária para o beisebol norte-americano, a única vez que este mesmo tipo de triple play aconteceu nas Grandes Ligas foi em 1923, aplicado pelo Philadelphia Phillies em cima do Pittsburgh Pirates, de acordo com Society For American Baseball Research.

A última triple play parecida realizada na MLB teve a participação de um brasileiro. Em 2014, Yan Gomes, catcher brasileiro do Cleveland Indians, fez uma das três eliminações em sequência na partida contra o Los Angeles Dodgers. A ordem dos outs foi quase a mesma. Na época, o left fielder da “Tribo” era Michael Brantley, e este passou a bolinha para o receptor brazuca no home plate. Yan demorou um pouco mas lançou para o segunda base Jason Kipnis fazer o último tag e mandar Yasiel Puig para o dugout – ou seja, foi uma 7-2-4. Veja a jogada abaixo.

Rivalo Apostas Esportivas