11/02/2019 - 16h19

Kyler Murray descarta MLB e escolhe seguir carreira na NFL

Murray encerra novela e confirma que pretende jogar futebol americano profissionalmente

Agora sim, em definitivo, chegou ao fim a novela Kyler Murray. O jogador, draftado pelo Oakland Athletics, franquia da MLB, em 2018, e que já havia confirmado participação no Draft da NFL em 2019, anunciou oficialmente que pretende seguir a carreira profissional como quarterback na liga de futebol americano e não no beisebol.

Murray confirmou sua decisão em uma mensagem publicada em suas redes sociais nesta segunda-feira (11): “Seguindo em frente, eu comprometo firme e totalmente minha vida e meu tempo para me tornar um quarterback da NFL”, diz o começo do comunicado.

“O futebol americano tem sido meu amor e paixão por toda a minha vida. Eu fui criado para ser um QB e eu estou muito ansioso para dedicar 100% de mim para ser o melhor QB possível e ganhar títulos da NFL. Eu comecei um extensivo programa de treinamento para me preparar mais para os treinos e entrevistas da NFL. Eu aguardo muito a oportunidade de poder provar para os tomadores de decisão da NFL que eu sou o franchise quarterback deste Draft”, conclui Murray.

Murray, que foi quarterback da universidade de Oklahoma e ganhou o troféu Heisman de 2018 (dado ao melhor jogador do college football), foi selecionado com a nona escolha do Draft de 2018 da MLB pelos Athletics, como outfielder. O quarterback assinou na época um contrato de US$ 4,66 milhões por bônus de assinatura e os A’s deram a ele a chance de ficar mais um ano jogando futebol americano em nível universitário, contanto que se apresentasse ao time de Oakland nesta temporada.

Por meses ele e seu agente confirmaram que fariam isso, mas tudo parece ter mudado nos últimos meses e já se especulava que ele estava decidido a ir para a NFL. Após muitas especulações, o atleta decidiu se declarar para o Draft da NFL e também foi anunciado como um dos jogadores confirmados no Combine, importante avaliação pré-Draft, dando todos os indícios de que pretendia mesmo seguir carreira no futebol americano profissional.

Kyler Murray tem cotações variadas para o Draft da NFL, mas com pouca concorrência de nomes na posição de quarterback na classe de 2019, é bastante possível que ele seja uma escolha top 10. Caso isso aconteça, ele se tornará o primeiro atleta na história a ser selecionado na primeira rodada dos recrutamentos da MLB e da NFL.

Por sua decisão, Murray terá que devolver US$ 1,29 milhão que já recebeu dos A’s e deixará de ganhar US$ 3,16 milhões previstos para 1º de março. Ele ficará com uma quantia um pouco superior a US$ 200 mil do que já lhe foi pago. Já o time de Oakland terá outro prejuízo. Apesar de manter seus direitos esportivos para caso um dia ele mude de ideia, a franquia não receberá uma escolha compensatória nem qualquer outro reparo nos próximos Drafts.

*Atualizado pela última vez em 11 de fevereiro de 2019, às 16h36

Oddsshark