21/12/2018 - 23h03

Eric Reid insinua perseguição da NFL em seus testes anti-drogas

Safety do Carolina Panthers acha que número excessivo de exames faz parte de conspiração da liga contra ele

Outra situação envolvendo o safety do Carolina Panthers Eric Reid e a NFL surgiu e meio aos problemas do atleta com a liga. Em entrevista concedida nesta quinta-feira (20) o defensor, que está processando a NFL por conspiração contra ele após seus protestos durante o hino nacional americano, comentou que se sente perseguido por passar por um número desmedido de testes anti-drogas aleatórios administrados após os jogos da franquia que defende.

“Eu percebi que se a liga está cheia de você, ela dá um jeito de procurar algum erro e preencher as lacunas”, disse Reid ao repórter David Newton da ESPN note-americana. “Eu gostaria de poder ver o rosto de todos vocês se o que eu sei [sobre a NFL] se tornar público a partir deste processo”.

O safety foi escolhido para sete dos últimos 11 exames contra uso de substâncias proibidas da liga depois de suas partidas pelos Panthers, sendo o último foi após a franquia da Carolina do Norte perder para o New Orleans Saints no Monday Night Football da semana 15. Embate no qual o jogador foi multado pelo escritório da NFL em US$ 20 mil por um tackle ilegal no qual nenhum árbitro flagrou a falta por não ver nenhum tipo de contato além do permitido.

“Eu não estou preocupado se vou falhar em um teste de drogas. Nunca falhei em um teste de drogas na minha vida. Não é como se eu estivesse preocupado com isso. Mas é devidamente notado que isso (a perseguição) aconteceu”, comentou Eric Reid. “Eu sei o que estou enfrentando. Não estou surpreso com isso. Estas são algumas das coisas menos chocantes que eu conheço neste caso de trama. Então, meus companheiros de equipe estão mais chocados sobre isso do que eu”, concluiu o safety sobre a situação “atípica”.

Já para o head coach dos Panthes, Ron Rivera, Reid deveria comprar um bilhete de loteria, dado quantas vezes seu nome foi selecionado para os testes. “Eu acho que havia algo sobre alguns matemáticos dizendo que é altamente improvável (tantas escolhas em pouco tempo), mas é definitivamente possível”, disse Rivera. “Mas eu vou dizer isso: ‘se meu nome aparecesse tantas vezes, eu compraria um bilhete de loteria'”, completou o treinador.

A Associação de Jogadores da NFL (NFLPA) reportou que está investigando o grau em que Reid foi selecionado para testes de drogas durante essa temporada.

Eric Reid ficou sem time durante toda a offseason, mesmo sendo um dos bons jogadores de sua posição durante seus anos na liga, até que na semana 4 da atual temporada ganhou uma chance de atuar por Carolina, onde se estabeleceu como titular.

Segundo o defensive back de 27 anos, isto só ocorreu por conta de sua ação contra a NFL, no qual Reid alega que os proprietários das equipes conspiraram para mantê-lo fora da liga, assim como fizeram com o seu ex-companheiro de San Francisco 49ers e amigo, Colin Kaepernick.

(Foto: Divulgação Site/Carolina Panthers)

Oddsshark