01/12/2018 - 00h08

Após vídeo de agressão a mulher, Kareem Hunt é dispensado pelos Chiefs

Running back perde emprego por conta de graves imagens reveladas durante o dia

O Kansas City Chiefs anunciou nesta sexta-feira (30) a dispensa de Kareem Hunt, um dos principais running backs da NFL. O motivo é a revelação de um vídeo em que o jogador aparecer agredindo uma mulher no começo do ano.

“No começo do ano, nós tomamos conhecimento de um incidente envolvendo o running back Kareem Hunt”, diz um comunicado oficial da franquia. “Na época, a National Football League e forças da lei iniciaram uma investigação sobre isso. Como parte de nossas discussões com Kareem, vários membros de nossa direção conversaram diretamente com ele. Kareem não foi verdadeiro nessas conversas. O vídeo divulgado hoje confirma o fato. Nós estamos dispensando Kareem imediatamente”.

Segundo Ian Rapoport, da NFL Network, Hunt foi liberado das instalações do Kansas City Chiefs nesta sexta-feira e retornou para sua casa. Posteriormente, a NFL o colocou na “lista de exceção do comissário”, o que na prática significa uma suspensão preventiva. O RB não poderá jogar nem treinar com qualquer equipe por tempo indeterminado, até que uma punição definitiva seja imposta.

No vídeo, é possível ver o running back dos Chiefs discutindo com uma mulher num hotel em Cleveland e, depois, ele a agride de várias maneiras. Quando ela está tentando se recuperar, o jogador ainda a chuta no chão.

De acordo com o site TMZ, que veiculou primeiramente o vídeo de Hunt, as imagens foram mostradas a promotores de justiça à época que, contudo, decidiram não acusar o jogador. Segundo o jornal The Athletic, os Chiefs não tinham conhecimento do caso e jamais teriam tido acesso ao vídeo.

Rapoport divulgou também em seu Twitter uma breve nota de Hunt sobre o ocorrido. “Eu gostaria de me desculpar por minhas ações. Eu me arrependo profundamente do que eu fiz. Eu espero poder superar isso”.

Em sua segunda temporada na NFL, Kareem Hunt já se consolidou com um dos melhores running backs da liga. Neste ano, ele soma 824 jardas correndo com a bola, 378 recebendo passes e 14 touchdowns no total. Resta saber se ele terá uma nova chance na liga.

Recentemente, um caso semelhante causou polêmica. O San Francisco 49ers dispensou o linebacker Reuben Foster por uma nova acusação e prisão por violência doméstica. Dias depois, ele foi contratado pelo Washington Redskins, apesar de também estar cumprindo suspensão preventiva na NFL.

*Atualizado em 1º de dezembro de 2018, à 1h08.

(Foto: Twitter Kansas City Chiefs)

Oddsshark