11/07/2018 - 12h32

Alvin Kamara e Marshon Lattimore dizem querer mais prêmios individuais

Depois de uma grande temporada dos novatos do New Orleans Saints, eles esperam continuar no mesmo nível e vencer mais

ORCHARD PARK, NY - NOVEMBER 12: Alvin Kamara #41 of the New Orleans Saints runs the ball during the fourth quarter against the Buffalo Bills on November 12, 2017 at New Era Field in Orchard Park, New York.Alguns novatos impressionaram na última temporada da NFL, mas dois deles acabaram se destacando. Alvin Kamara e Marshon Lattimore, novato ofensivo do ano e novato defensivo do ano, respectivamente, foram os primeiros companheiros de equipe a vencer os dois prêmios desde 1967, com o New Orleans Saints.

Os Saints acabaram fazendo um dos melhores drafts em 2017, não só por conseguir pegar os dois em rodadas diferentes, mas também tiveram Ryan Ramczyk, Alex Anzalone e Marcus Williams, que acabou ficando marcado pela falha no milagre de Minneapolis. Kamara e Lattimore não estão satisfeitos, e querem ganhar mais prêmios.

“Nós falamos disso toda hora, queremos ser os melhores. Fomos o novato defensivo do ano e o novato ofensivo do ano, agora queremos ser os jogadores ofensivos e defensivos do ano.” Disse Lattimore para o site The Advocate.

Pode-se dizer que Kamara foi uma boa surpresa para os Saints. Na pré-temporada, ele era o terceiro running back da equipe, atrás de Mark Ingram e Adrian Peterson, mas isso mudou logo na semana um da temporada regular, quando Peterson recebeu apenas seis snaps para correr. Kamara também se demonstrou muito bom recebendo passes, e acabou com 826 jardas recebidas em 81 recepções.

Já Lattimore fez o que os Saints esperavam dele. Era esperado que o cornerback saísse no top 10, mas acabou caindo no colo dos Saints, que tinham a pick 11. Ele chegou já jogando como titular, e foi espetacular principalmente na marcação, sendo o terceiro em passes defendidos na Liga. A dificuldade que os cornerbacks têm para vencer um prêmio individual de defesa é outro motivo para se impressionar com a temporada do garoto.

Kamara falou sobre a dificuldade de um novato de fazer a transição de amador para profissional.

“Esse processo do draft, com o Combine, o Pro Day, é um processo cansativo. É difícil vir da universidade, indo de amador para profissional. É difícil, temos que crescer. Eu estava aprendendo com as experiências, mas agora eu tenho experiência e sei como comandar meu time.” Disse Kamara.

Para completar, Lattimore exaltou seu companheiro, e apontou diferenças entre o ataque e a defesa.

“Alvin é uma estrela. Todo mundo ama o ataque, mas ninguém liga para a defesa. Eu estou tentando chegar no nível dele.” Completou o cornerback.

Correndo, Kamara teve 120 carregadas para 728 jardas e oito touchdowns, enquanto Lattimore conseguiu 52 tackles, cinco interceptações e 18 passes defendidos, além de um fumble forçado.

(Foto: Tom Szczerbowski/Getty Images)

Oddsshark