11/07/2018 - 12h37

Adam Jones se envolve em briga dentro do aeroporto de Atlanta

Funcionário foi preso após socar ex-cornerback dos Bengals na noite desta terça-feira

HOUSTON, TX - DECEMBER 24: Adam Jones #24 of the Cincinnati Bengals walks on the field before the game against the Houston Texans at NRG Stadium on December 24, 2016 in Houston, Texas.Um  funcionário do Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson, em Atlanta, foi preso em duas acusações depois de socar o ex-cornerback do Cincinnati Bengals Adam Jones, durante uma briga na noite de terça-feira. A informação foi divulgada pela TMZ Sports.

Segundo a polícia local, não está claro o que desencadeou o incidente, mas de acordo com o canal, o funcionário, Frank Ragin, fez um gesto em direção a Jones, levando o defensor ao confronto.

“O Sr. Ragin finalmente atingiu o Sr. Jones com o punho fechado causando uma laceração no rosto do Sr. Jones, que então começou a se defender, fazendo com que o Sr. Ragin caísse no chão”, diz um comunicado divulgado pelas autoridades.

“Pacman”, como é conhecido na NFL, estava viajando com uma mulher, que também foi atingida no incidente e sofreu uma lesão na mão. Nem Jones e nem sua companheira ficaram gravemente feridos, recusando o atendimento médico no local.

Aos 34 anos, Adam Jones é agente livre após passar oito temporadas defendendo o Cincinnati Bengals. O cornerback também jogou por Tennesse Titans e Dallas Cowobys. Apesar de ter um histórico de confusões extracampo, desta vez ele não foi responsável pela briga dentro do aeroporto e o episódio está sob investigação policial.

Foto: Tim Warner/Getty Images

Oddsshark