29/01/2019 - 11h22

Williamson carrega e Duke vence Notre Dame sem grandes dificuldades

Estrela dos Blue Devils tem mais uma noite memorável e equipe consegue mais um triunfo

Williamson lidera Duke em vitória

Não espere novidades. Mais uma vitória de Duke na temporada. Jogando longe de seus domínios, os Blue Devils não tomaram o menor conhecimento de Notre Dame, ao vencerem por 83 a 61, nesta segunda-feira (28). Foi a décima oitava vitória da equipe na temporada. E mais uma vez, a estrela da companhia foi o prodígio, Zion Williamson. O camisa 01 esteve em uma noite iluminadíssima.

Williamson deixou a quadra com 26 pontos. E o duplo-duplo só não veio pois o atleta conseguiu nove rebotes. Fechando a noite, conseguiu ainda distribuir quatro assistências e quatro tocos.

“O garoto é como um dos melhores do mundo”, disse Mike Krzyzewski. “De jeito nenhum (vai deixar o sucesso subir a cabeça). Quero dizer, ele é tão bom, é um ótimo garoto”, concluiu o lendário treinador dos Blue Devils.

Além de Zion, RJ Barrett e Cam Reddish merecem destaque. Enquanto o primeiro anotou 17 pontos e recuperou nove rebotes, sendo oito defensivos, o segundo parece dar mostras de evolução. Foram 13 pontos em 34 minutos. “Nossos caras fizeram dois jogos em três dias na estrada, você nunca sabe o que vai acontecer”, comentou Coach K.

Williamson já é uma estrela (ao menos para o garoto de verde):

A superioridade de Duke ficou latente desde os primeiros minutos. Com apenas seis minutos de duelo, o placar já mostrava 16 a 02. Williamson dominava dos dois lados da quadra, impedindo que os irlandeses conseguissem sequer invadir o garrafão dos visitantes. Na metade da primeira etapa, numa bola de dois de John Mooney, ND conseguiu anotar seu décimo ponto. Duke já tinha 26. A primeira etapa terminou com o jogo praticamente decidido: 46 a 28.

Na etapa final, mesmo tirando um pouco o pé, Duke era muito superior. Quando ND ameaçava um pouco, Williamson aparecia para resolver qualquer coisa para os Blue Devils. Reddish acertou a mão em uma bola de três e na sequência conseguiu uma bandeja que praticamente sepultou os irlandeses, por volta de sete minutos para o fim. No final, Duke venceu por 83 a 61.

O show de Williamson em pouco mais de um minuto:

Uma curiosidade do duelo foi a quantidade de novatos que entraram em quadra. Se Duke começou com seus quatro habituais, Notre Dame iniciou com outros dois. No total, dos dezesseis atletas que entraram no jogo na primeira etapa, pelos dois lados, oito eram calouros. E nenhum destes era senior.

No próximo sábado, dia 02 de fevereiro, Duke enfrenta St. John’s em casa, no último duelo fora de conferência da temporada. Já Notre Dame viaja para encarar Boston College no mesmo dia.

Foto: Twitter / Duke

Oddsshark