13/10/2018 - 20h45

Com emoção, Oregon vence Washington no overtime

Huskies desperdiçam field goal com cronômetro zerado e levam virada dos Ducks, que seguem na briga por vaga nos playoffs

Oregon consegue vitória fundamental sobre rival WashingtonA Pac 12 segue sonhando em contar com um representante nos playoffs do college football deste ano. Na tarde deste sábado (13), em um duelo pela liderança da divisão Norte, a número 17 Oregon venceu a sétima colocada do ranking nacional, Washington, pelo placar de 30 a 27 no overtime e manteve vivas as chances de entrar na disputa pela pós-temporada.

Diante da melhor defesa da conferência, Justin Herbert teve uma atuação sólida. O quarterback completou 18 passes em 32 tentativas, lançando para 202 jardas e dois touchdowns. Vilão da única derrota dos Ducks na temporada, o running back C.J. Verdell conquistou a redenção ao correr para 119 jardas e dois touchdowns em 29 tentativas, anotando a pontuação da vitória. Dillon Mitchell também teve mais uma atuação de destaque. Em oito recepções, o principal alvo de Herbert conquistou as mesmas 119 jardas de Verdell, anotando um touchdown.

Pelo lado dos Huskies, Jake Browning se recuperou bem após um início abaixo da média. Com apenas seis passes completos em 14 tentativas, 91 jardas e uma interceptação ao fim do primeiro tempo, o quarterback encerrou a partida acertando 15 lançamentos de 25 tentados, conquistando 243 jardas e passando para um touchdown. Myles Gaskin pouco apareceu, e chegou a deixar o jogo brevemente com suspeita de lesão no ombro. O running back conquistou 69 jardas em 15 corridas. Salvon Ahmed, com participação maior, encerrou a partida com 61 jardas e dois touchdowns em 11 tentativas.

Os Ducks começaram bem ao interceptar Jake Browning logo na segunda jogada de scrimmage da partida. A defesa de Washington apareceu bem e conseguiu conter o ataque adversário, limitando o prejuízo. Coube a Oregon se contentar com um field goal para abrir o marcador. Os Huskies conseguiram uma campanha sólida na sequência, chegando à red zone. Mas uma penalidade por delay of game em uma terceira descida atrapalhou o time, que também converteu um field goal para empatar em 3 a 3. No retorno do kickoff, Tony Brooks-James sofreu um fumble, recuperado pelo próprio kicker de Washington, Peyton Henry. Com uma ótima posição de campo, os visitantes aproveitaram muito bem o turnover e Salvon Ahmed encaixou uma ótima corrida para virar o placar.


O time da casa buscou a recuperação na posse seguinte. Justin Herbert acertou o primeiro passe na partida e conseguiu um grande avanço com Dillon Mitchell, que ainda conseguiu outras 15 jardas em decorrência de uma falta. Uma conversão de quarta descida na red zone por C.J. Verdell manteve a campanha viva, e Herbert voltou a conectar com Mitchell. O wide receiver fez uma bela jogada evitando tackles e marcou o touchdown do empate.

O segundo quarto começou com uma troca de punts entre os dois lados. Com dificuldades para avançar, Washington passou a utilizar o jogo terrestre – sem Myles Gaskin, que havia deixado o campo temporariamente com suspeita de lesão no ombro. Em uma trick play, os visitantes conseguiram um avanço longo graças a um belo passe de Browning para o tight end Drew Sample. Novamente na red zone adversária, os Huskies utilizaram o jogo corrido para anotar outro touchdown, mais uma vez com Ahmed.


Mesmo com pouco tempo restante no período, os Ducks conseguiram uma campanha rápida e buscaram o empate com uma recepção acrobática de Jaylon Redd na lateral da end zone.

No terceiro quarto, Oregon contou com um ótimo início de campanha com Travis Dye e Herbert. Um belo passe do quarterback posicionou os mandantes perto da red zone. Uma corrida crucial de Dye para converter uma quarta descida deixou os Ducks perto da end zone, e C.J. Verdell anotou o touchdown para devolver a liderança do placar ao time. Jake Browning entrou no jogo, e, com a melhor participação no jogo, conseguiu uma crucial conversão de terceira descida dentro do próprio campo de defesa com um belo passe. Pouco depois, acertou um lançamento espetacular de 43 jardas para Ty Jones empatar novamente.


Oregon abriu o último quarto com mais uma campanha ofensiva sólida, mas a posse acabou em um field goal desperdiçado pelo kicker Adam Stack. Os Ducks ainda forçaram um fumble de Browning, mas a defesa de Washington apareceu para anotar um sack fundamental em Herbert e forçar o punt com pouco tempo no relógio. Browning se recuperou do turnover anterior e voltou a aparecer bem, convertendo uma quarta descida no meio do campo com pouco mais de um minuto para o fim. A partir daí, os Huskies gastaram o tempo até posicionar um field goal de 37 jardas. No entanto, o clássico timeout para esfriar o kicker surtiu efeito e Peyton Bender errou o chute, mandando o jogo para o overtime em 24 a 24.

Washington abriu com uma corrida longa de Kamari Pleasant, mas a defesa de Oregon conteve o ataque adversário. Bender converteu o chute, colocando os visitantes à frente. Um holding contra os Ducks na terceira descida da posse pareia ter encerrado as chances de touchdown da equipe, mas Justin Herbert encontrou Dillon Mitchell para conseguir a conversão longa. Depois de parar na defesa adversária em duas tentativas, Oregon conseguiu a vitória em uma corrida de C.J. Verdell, virando para 30 a 27 e assumindo a liderança da divisão Pac 12 North.


O resultado faz com que os Ducks passem a sonhar com os playoffs. Sem adversários ranqueados pela frente, no entanto, Oregon precisa varrer o restante da tabela e garantir o título da conferência. O time visita Washington State no próximo sábado (20). Já Washington recebe a número 19 do ranking nacional, Colorado, no mesmo dia.

(Foto: Reprodução Twitter/Oregon Football)

Oddsshark