The Playoffs

12/01/2018 - 09h39

Toronto Raptors massacra Cleveland Cavaliers por 34 pontos de diferença

Mesmo sem Lowry e Ibaka, Raptors consegue vencer Cavaliers com facilidade em noite de reservas inspirados

O Toronto Raptors recebeu o Cleveland Cavaliers, na noite desta quinta-feira (11), no Air Canada Centre, e conseguiu superar a franquia de Ohio por incríveis 34 pontos de diferença: 133 x 99.

Com a vitória, os Raptors ocupam a segunda colocação da conferência Leste, com 29 vitórias e 11 derrotas, enquanto os Cavaliers, com 26 resultados a favor e 15 contra, estão na terceira posição da mesma conferência.

Pela segunda vez seguida, a equipe de Cleveland foi um saco de pancadas, já que na partida anterior, eles perderam para os Timberwolves 28 pontos.

Já o time de Toronto, recuperou-se de uma derrota dura por um ponto para o Heat. Mesmo sem Kyle Lowry (machucado) e Serge Ibaka (suspenso), os Raptors contaram com a bela participação de seus jogadores reservas para vencerem o confronto com tanta tranquilidade.

No primeiro tempo de partida, os Raptors tiveram uma bela participação ofensiva, anotando 65 pontos, enquanto os Cavaliers marcou 40 pontos durante esse mesmo período. Assim, com 25 pontos de diferença, a equipe de Toronto só precisava administrar o confronto e garantir o resultado para manter-se três vitórias acima de Cleveland em sua conferência.

Contudo, o ataque não piorou e venceu tanto o terceiro quanto o último quarto por uma diferença de, respectivamente, três e seis pontos. Esta marca de pontos concedidos pelos Cavaliers, 133 pontos, foi a pior marca em um tempo regulamentar da carreira de LeBron James, o que mostra a fase turbulenta que a franquia passa. E LeBron “pagou geral” para seus companheiros no intervalo da partida, mas não surtiu efeito. Veja abaixo.

Além disso, esta foi a segunda vez seguida na carreira de James que os Cavs perderam por 20 pontos no intervalo. O baixinho Isaiah Thomas, que fez sua quarta partida na temporada, errou seus 11 primeiros arremessos de quadra, anotando o seu primeiro apenas no meio do terceiro quarto. Por outro lado, Poeltl estava com a mão calibrada e acertou 75% dos seus chutes de três pontos (6-8 3PM).

Pelos Raptors, DeMar DeRozan não teve uma bela participação, conseguindo apenas 13 pontos, além de oito assistências. Já Jonas Valanciunas e o reserva Poeltl anotaram duplo-duplos: o primeiro com 15 pontos e 18 rebotes, e o segundo com 12 pontos e 12 rebotes, além de outros três tocos. Fred VanVleet ajudou com 22 pontos, quatro rebotes e quatro assistências. Vindo do banco, Norman Powell e Pascal Siakam terminaram com, respectivamente, 14 pontos e seis rebotes e 16 pontos e oito rebotes.

Já pelos Cavaliers, LeBron foi responsável por 26 pontos, três rebotes e dois tocos, enquanto Thomas só marcou quatro pontos. Kevin Love quase conseguiu um duplo-duplo, com 10 pontos e nove rebotes. Jae Crowder e o reserva Jeff Green anotaram, respectivamente, 11 e 13 pontos cada um.

Agora, os Raptors, com a ajuda de seus torcedores, terão pela frente os Warriors, neste sábado (13), enquanto os Cavaliers, nesta sexta-feira (12), vão jogar contra os Pacers, no Bankers Life Fieldhouse.

(Foto: Reprodução / Toronto Raptors Facebook)