24/06/2014 - 01h53

Rudy Gay recusa a free agency para ganhar US$ 19 milhões em Sacramento

Ala decidiu continuar nos Kings

O ala do Sacramento Kings, Rudy Gay, optou por continuar com a equipe e não se tornar agente livre. O camisa 8 tinha a opção de se livrar do contrato e testar a free agency ou renová-lo por mais uma temporada e ter direito a receber 19,3 milhões de dólares.

Rudy Gay optou por continuar no Sacramento Kings na temporada 2014-15

Rudy Gay optou por continuar no Sacramento Kings

Com as recentes uniões de craques e famosos ‘Big Threes’ sendo formados, a expectativa era que Gay rejeitasse o último ano de vínculo com os Kings e se juntasse a um equipe mais forte. Porém, a comissão técnica do Sacramento convenceu o ala da sua importância para o time e a gerência citou o processo de reformulação da franquia, que deve contar com uma nova arena em 2016. Os 19 milhões de dólares devem ter ajudado na escolha também, já que Gay não está em alta na liga.

A escolha de Rudy Gay poderia ser tomada até o dia 30 de junho, mas ela foi antecipada por conta do Draft da NBA que ocorre no dia 26 (quinta-feira). Com o ala garantido na equipe, os Kings podem escolher reforçar o perímetro ou trazer um ala-pivô com a 8ª escolha do recrutamento. Caso Gay não continuasse em Sacramento, a franquia selecionaria um ala ou até trocaria a pick 8 por alguém experiente para a posição de small forward.

Na última temporada, Gay participou de 55 partidas do Sacramento Kings após ter disputado 18 com o Toronto Raptors antes de ser trocado. O ala de 27 anos obteve médias de 20.1 pontos, 5.5 rebotes e um aproveitamento de 48.2% nos arremessos de quadra em 34.4 minutos em quadra por jogo.

 Draft

Com a posição 3 ocupada por Rudy Gay e a 5 por DeMarcus Cousins, os Kings têm um problema na posição 4. Caso queiram completar o seu frontcourt, os Reis de Sacramento podem acabar selecionando o freshman Aaron Gordon, do Arizona Wildcats. O ala-pivô teve médias de 12.4 pontos, 8 rebotes, 2 assistências, 1 toco por jogo em 31.2 minutos em quadra. Seus aproveitamentos foram de 49.5% nos arremessos de quadra, 35.6% nos de 3 pontos e 42.2% nos de lance livre.

Oddsshark