21/11/2017 - 23h13

Ray Allen diz que foi enganado por homem que se passava por várias mulheres

Ex-ala-armador dos Celtics e Miami sofreu tentativa de extorsão

Ray Allen anuncia aposentadoriaA equipe jurídica de Ray Allen confirmou que o ídolo do Boston Celtics e do Miami Heat sofreu tentativa de extorsão. Segundo o advogado David Oscar Markus, o o ex-armador foi envolvido em um esquema de manipulação online conhecido como “Catfish”.

Allen prestou queixa e acusou a pessoa de Bryan Coleman de perseguição e chantagem. Por sua vez, Coleman alegou que na verdade era Ray que o perseguia, acusação prontamente negada pelo ex-jogador de 42 anos. Markus disse que seu cliente nega qualquer contato pessoal com Coleman. Ademais, esta experiência causou um impacto negativo em Ray. Abalado, Allen espera aprender que seus erros sirvam de exemplo para mostrar os perigos do contato com pessoas estranhas pela internet.

Nos documentos oficiais divulgados pelo site TMZ, Allen mencionou que Coleman fingia ser diversas mulheres atraentes para conseguir suas informações pessoais. Coleman chegou a divulgar imagens da esposa de Allen, seu cachorro, casa, informações de locais preferidos, entre outras. Não o bastante, o responsável pelo Catfish chegava marcar Ray Allen e sua família.

Catfish é um termo que remete a alguém que se faz passar por outra pessoa através das redes sociais com inúmeras finalidades. A palavra se popularizou como gíria urbana nos Estados Unidos e com o programa de mesmo nome da MTV, que acompanha diversos golpes semelhantes.

(Foto: Andy Lyons/Getty Images)

Oddsshark