12/01/2019 - 01h40

Raptors levam susto, se recuperam e vencem Nets no Canadá

Equipe Canadense começou devagar a partida, mas foi entrando aos poucos e não teve dificuldade para sair com o triunfo

Nesta sexta-feira (11), foi possível ver mais uma partida que demonstrou a força coletiva do Toronto Raptors (32-12). Os canadenses receberam o Brooklyn Nets (21-23) e venceram por 122 a 105, com ótima atuação de diversos jogadores do elenco. O triunfo mantém a  franquia na liderança da Conferência Leste, um jogo e meio na frente do Milwaukee Bucks (29-12). O time de Brooklyn permanece na sétima posição da mesma conferência.

Não temos como não falar novamente do plantel dos mandantes. Pois é. Ao todo, oito jogadores fizeram dígitos duplos na pontuação e contribuíram no forte ataque da equipe. O maior pontuador, mais uma vez, também, foi Kawhi Leonard, que anotou um duplo-duplo (20 pontos e 11 rebotes). O ala teve um plusminus de +24. O melhor do confronto neste quesito.

Ainda entre os titulares, Pascal Siakam fez 16 pontos e apanhou seis rebotes, e Serge Ibaka teve 14 pontos e nove rebotes. Temos que ressaltar o trabalho defensivo de Danny Green, que roubou três bolas e distribuiu dois bloqueios.

Os bancários foram mais efetivos. Dois atletas fizeram 13 pontos (OG Anunoby e Norman Powell), Delon Wright teve 12 pontos e outros dois, também, contribuíram com 10 pontos (Fred Vanvleet e Greg Monroe). Ou seja, no todo, foram 60 pontos dos reservas da franquia.

No lado dos visitantes, bela partida de D’Angelo Russell, que teve 24 pontos e nove assistências. O armador começou o duelo acertando uma cesta que teve uma passe um pouco estranho, como você pode ver no vídeo abaixo.

Outro nome que até conquistou números interessantes foi Jarrett Allen, que teve somente nove pontos, mas apanhou 12 rebotes. O único bancário que ganha destaque é Shabazz Napier, que fez 15 pontos e distribuiu cinco assistências. Spencer Dinwiddie foi mal com oito pontos e o pior plusminus do duelo (-24). Surpresa para Alan Williams, pivô que também atua na NBA G-League, e que teve seis minutos para mostrar serviço e representou. Oito pontos e oito rebotes.

A partida começou muito boa para os visitantes, que venceram bem o primeiro quarto (35 a 28), e tendo como principal arma as bolas de três pontos. A equipe era liderada por Russell, que comandava e organizava as rápidas transições e posses de bola.

Com o passar do jogo, o time canadense percebeu que o quinteto titular do adversário era baixo, com apenas Allen como pivô, então partiu para infiltrações e buscavam, através de trocas de passes contínuas, as cestas fáceis.

O segundo tempo foi como esperado e os mandantes foram quem controlaram as ações e tomaram conta da partida, principalmente quando ficava o embate entre os reservas, o qual havia uma discrepância enorme. Foi apenas questão de tempo para Toronto fechar mais um triunfo dentro de casa.

A franquia canadense retorna a jogar neste domingo (13), quando visita o Washington Wizards (18-25). O confronto será às 16h, horário de Brasília, com transmissão do canal SporTV. Os Nets voltam na segunda-feira (14), e recebem, às 22h30, o Boston Celtics (25-16).

Foto: (Twitter/Toronto Raptors)

Confira os melhores momentos do jogo:

Oddsshark