15/02/2019 - 02h23

Pelicans vencem e quebram sequência de vitórias do Thunder

Westbrook tem noite de gala, mas New Orleans tem dois jogadores acima dos 30 pontos e vence com autoridade

Vindo de uma ótima sequência de jogos, o Oklahoma City Thunder foi derrotado pelo New Orleans Pelicans por 131 a 122, na noite desta quinta-feira (14), no ginásio Smoothie King Center. NO ficou à frente por quase a partida inteira, não perdendo a liderança do placar em nenhum momento do segundo tempo.

Com a vitória, New Orleans interrompe uma sequência de duas derrotas seguidas e permanece na 13ª colocação da Conferência Oeste, com 25 vitórias e 33 derrotas. Já Oklahoma, permanece em terceiro no Oeste, mas finaliza uma sequência de quatro vitórias consecutivas, e agora tem 37 vitórias e 20 derrotas.

Pelos Pelicans, o grande destaque foi Julius Randle, que anotou 33 pontos e pegou 11 rebotes. Além dele, Jrue Holiday também teve uma alta pontuação, com 32 pontos no total. O ponto negativo ficou por conta de Anthony Davis, que saiu machucado novamente quando estava com “apenas” 14 pontos, ainda no primeiro tempo.

Pelo Thunder, o melhor da partida foi Russell Westbrook, que chegou ao seu 11º jogo consecutivo com triplo-duplo. Foram 44 pontos, 14 rebotes e 11 assistências, números não suficientes para a vitória da equipe, que ainda contou 22 pontos de Nerlens Noel. Paul George, apesar dos 28 pontos, terminou a partida com 3/17 em bolas de três e teve uma atuação abaixo do esperado.

O JOGO

OKC começou quente do perímetro, porém cometendo turnovers. Os Pelicans tiveram um bom início no jogo de transição, pontuando nos espaços da defesa adversária. Com isso, a equipe da casa abriu uma certa vantagem, que foi igualada por uma boa sequência na reta final do quarto e a parcial foi de 31 a 31.

O segundo quarto foi equilibrado, com os times disputando ponto por ponto e ficando empatados em muitas oportunidades. Westbrook esquentou pelos visitantes, pontuando com bolas de média, longa e curta distância. Por outro lado, a equipe da casa em geral esteve com a mão calibrado. No último lance do período, Davis se chocou com Noel e saiu contundido, não voltando mais para o jogo.

Na volta do intervalo, foi a hora de New Orleans ir tomando conta do jogo e abrir diferença. Em certo momento, a equipe conseguiu 14 pontos de vantagem, forçando turnovers e impondo um ritmo acelerado ofensivamente. No finalzinho do quarto, Westbrook e George conseguiram pontos através de roubadas e diminuíram a diferença.

O último quarto foi como uma luta de boxe. Lá e cá as equipes foram golpeando os adversários, com os Pelicans em vantagem por ter ficado à frente a partida quase que inteira. OKC não deixou o placar ficar elástico e nutriu esperanças até o fim, mas esbarrou em um dia que Paul George não conseguiu encaixar suas bolas de três e um New Orleans eficiente e organizado no ataque, mesclando o garrafão com Randle e perímetro com Holiday.

Com isso, mesmo lutando até o fim, quem saiu com a vitória foi o time da casa, que soube ser inteligente e criar jogadas bem trabalhadas, com um reportório que se sobressaiu na agressiva defesa do Thunder.

Por conta do All-Star Game, os jogos da temporada regular da NBA voltarão apenas na próxima quinta-feira (21). Thunder jogará na sexta-feira (22), contra o Utah Jazz, em sua casa. Já os Pelicans irão até Indiana enfrentar os Pacers, que está fazendo um ótima temporada na Conferência Leste.

Foto: Divulgação Twitter/New Orleans Pelicans

Oddsshark