18/09/2018 - 16h42

NBA projeta novo aumento em teto salarial entre 2019 e 2021

Aumento será de 7% no primeiro ano e de 8% no segundo

Ben Simmons é primeira escolha do Draft da NBA, pelo Philadelphia 76ersNesta segunda-feira (17), o repórter do The Athletic Shams Charania informou que a NBA aumentará o teto salarial de todas as suas 30 franquias entre 2019 e 2021. A informação já foi repassada às equipes.

O primeiro aumento acontecerá da temporada 2018-19 para a temporada 2019-20, quando o teto salarial passará de US$ 102 milhões para US$ 109 milhões, representando um aumento de 7%. Para a temporada 2020-21, o aumento será de 8%, passando de US$ 109 milhões para US$ 118 milhões.

O limite para pagamento da taxa de luxo também sofrerá um aumento de 7% para a temporada 2019-20, passando de US$ 123,7 milhões para US$ 132 milhões. Ou seja, os times que ultrapassarem esse valor na folha salarial estarão sujeitos às multas. Para a temporada seguinte, o aumento será de 8%, indo para US$ 143 milhões.

Segundo Charania, o valor para 2020-2021 está US$ 2 milhões acima do projetado inicialmente pela liga em um memorando anterior. É esperado que as equipes da NBA tenham uma bela ajuda com esse aumento quando o mercado se abrir após o fim da temporada 2019-20, já que vários contratos assinados em 2016 por quatro anos se encerrarão em 2020.

Por Guilherme Camargo

(Foto: Mike Stobe/Getty Images)

Oddsshark