06/11/2018 - 14h52

Kyrie Irving critica Jamal Murray por arremesso com jogo decidido

Armador dos Celtics detonou rival que tentou última cesta para passar de 50 pontos no fim da partida

Irving lidera Celtics em vitória sobre os BucksO armador Kyrie Irving não gostou da postura do rival Jamal Murray no duelo entre o Boston Celtics e Denver Nuggets nesta segunda-feira. Tudo porque o jogador de Denver tentou um arremesso que Irving classificou como “jogada de m…”, quando o jogo estava em 115 a 107 para os Nuggets, uma tentativa do perímetro no estouro do cronômetro do último quarto, com o enfrentamento já decidido.

É bom ressaltar que Murray estava com 48 pontos em 38 minutos de quadra, e se convertesse o chute chegaria aos 51 e alcançar a marca pareceu um objetivo do armador dos Nuggets.

Após a conclusão da jogada e o erro da cesta, Irving jogou a bola pra cima em direção das arquibancadas e assim exacerbou sua raiva com o resultado final. Alguns jogadores de Boston também foram reclamar com o rival.

“Quero dizer, que tipo de jogador não se incomodaria?”, comentou Kyrie sobre o lance de acordo com o jornalista Chris Forsberg, da NBC Boston. “Eu não quero fazer um grande alvoroço por isso. Obviamente eu estava chateado com o jogo, mas é hora de relaxar e seguir em frente”.

Irving ainda elogiou o adversário pela grande atuação, mas seguiu metralhando. “Parabéns a eles pelos 48 pontos. Ele foi muito bem contra nós. Nossa defesa precisa melhorar, especialmente contra jogadores como ele no pick-and-roll. Ele era a principal preocupação hoje. Ele nos fez pagar em certas circunstâncias, com alguns chutes difíceis, bandejas difíceis. Mas a bola merecia ir para a arquibancada após uma jogada de m… como aquela”, concluiu.

Os 48 pontos de Murray o fizeram empatar com a melhor marca de pontos em um jogo de um canadense na história da NBA, junto com Steve Nash, em 2005, pelo Phoenix Suns contra o Dallas Mavericks. O atleta de Denver vive estado de graça, assim como seu time, que tem uma campanha de 9-1 e está no segundo lugar na classificação da Conferência Oeste.

(Foto: Reprodução Twitter / NBA)

Oddsshark