13/07/2018 - 17h49

Jimmy Butler nega extensão contratual de 4 anos e US$ 110 milhões com Wolves

Atleta disse ter gostado da oferta, mas acredita que conseguirá um contrato mais recheado ao final da próxima temporada

Jimmy Butler parece não estar muito feliz no Minnesota Timberwolves. Após alguns boatos surgirem sobre a insatisfação do atleta com a franquia e o vestiário, o ala negou a proposta de extensão contratual feita pelo dono da equipe, que previa valores de cerca de US$ 110 milhões, para quatro temporadas.

A informação foi divulgada pelo jornalista Darren Wolfson, do 5 Eyewitness News. Segundo Wolfson, Butler gostou da oferta mas disse saber que pode ter mais dinheiro ao final da próxima temporada. Vale ressaltar que, segundo o site Spotrac, o ala receberá US$ 18,7 milhões nesta temporada com os Wolves, e poderá receber US$ 19,8 milhões na próxima, caso dê sinal verde para a player option prevista em seu contrato.

Recentemente, alguns rumores apontaram que o atleta estaria infeliz em Minnesota. Segundo o jornalista Joe Cowley, do Chicago Sun-times, Butler não teria nenhuma intenção de assinar a extensão com os Wolves, devido a uma insatisfação com atitudes despreocupadas de alguns dos colegas de quadra, especialmente de Karl-Anthony Towns.

Perguntado sobre a insatisfação do seu astro, o técnico da equipe, Tom Thibodeau, se esquivou do assunto, em entrevista ao jornalista Nick Friedell, da ESPN americana. “Nós sabemos como Jimmy é importante para nossa equipe. Mas, nós não conversamos sobre contratos, negociações ou coisas nesse sentido. Nós devemos apenas estar prontos para a temporada”, disse.

Butler teve mais uma boa temporada em seu primeiro ano com a franquia de Minnesota, alcançando médias de 22,2 pontos, 5,3 rebotes e 4,9 assistências.

Crédito da foto: Reprodução/NBA Twitter (@NBA)

Oddsshark