17/03/2019 - 10h20

Em jogo disputado, Spurs passam pelos Blazers

Spurs vencem Blazers e continuam na disputa pelo mando de quadra; McCollum machuca e preocupa

O San Antonio Spurs decidiu embolar a disputa por posições nos playoffs da Conferência Oeste da NBA. Neste sábado (16), a franquia texana venceu o Portland Trail Blazers por 108 a 103 em ótima partida.

As bolas de três pontos foram o grande diferencial entre as equipes. Os Spurs acertaram 47% das suas tentativas, enquanto os Blazers tiveram apenas 25% de aproveitamento. Nos arremessos de quadra os texanos também foram melhores (47% x 41%).

O primeiro quarto começou com os times amassando o aro. Damian Lillard não conseguiu converter nenhum de seus arremessos no período, ao menos C.J. McCollum e Jusuf Nurkic conseguiam suas cestas e deixavam os Blazers no jogo. Os Spurs contaram com DeMar DeRozan atacando o aro e convertendo 6 lances livres no período, terminando o primeiro quarto com 12 pontos, porém o ataque texano estava muito concentrado no ala e em LaMarcus Aldridge, que marcou 9 pontos no quarto. Além deles, só Rudy Gay pontuou por sua equipe.  O time dirigido por Gregg Popovich conseguiu sair do primeiro período ganhando por 23-21.

No segundo período o jogo subiu de nível, Damian Lillard voltou a acertar seus arremessos e sua equipe melhorou. Os reservas dos Spurs conseguiram segurar muito bem o jogo e marcaram 17 pontos juntos no quarto e inclusive deram a maior liderança do jogo para a equipe com 11 pontos de vantagem no começo do quarto. No entanto, após Lillard e McCollum voltarem do banco de reservas, os Blazers conseguiram uma boa corrida e tomaram a liderança e foram para os vestiários ganhando por 50-48.

Na volta dos vestiários a partida manteve o mesmo panorama, as equipes se alternaram na liderança e nenhuma delas conseguiu realmente abrir uma vantagem maior que quatro pontos. Contando com Damian Lillard quente e marcando 15 pontos no terceiro quarto, os Blazers pressionavam os Spurs. O time texano apostava no seu jogo coletivo pontuando dentro do garrafão e jogando de forma mais lenta. A partida foi para o último período com os Blazers na frente por 76-72.

Um ponto triste foi que C.J. McCollum se lesionou na metade do quarto e não retornou mais ao jogo. A contusão seria no joelho e preocupa o time de Portland.

No último quarto o equilíbrio se manteve até a metade do período. Após pedido de tempo de Gregg Popovich, os Spurs conseguiram tomar a frente do jogo de forma definitiva. Os Blazers estavam com seu poder de fogo diminuído após a lesão de McCollum e não conseguiam pontuar. Os Spurs foram muito competentes convertendo 14 dos 15 lances livres que arremessaram no período e não deram chances para os rivais voltarem ao jogo.

DeMar DeRozan foi o principal pontuador dos Spurs com 21 pontos. O banco de reservas foi peça chave para a vitória dos texanos e contribuiu com 43 pontos, com Rudy Gay sendo o maior pontuador com 13 pontos.

Pelos Blazers o destaque ficou por conta de Damian Lillard, que terminou o jogo com 34 pontos. Nurkic também jogou bem e marcou 24 pontos com mais 16 rebotes.

Os Spurs (41-29) voltarão a jogar segunda-feira (18) contra o Golden State Warriors. Os Blazers irão enfrentar o Dallas Mavericks na quarta-feira (20).

Foto: Divulgação Instagram/Spurs

Oddsshark