13/12/2018 - 23h11

Em final de jogo eletrizante, Michael Jordan rouba a cena com ‘tapa’ em Malik Monk

Interação curiosa entre jogador e proprietário viraliza na internet; treinador classifica lance como 'momento de aprendizado'

A noite desta quarta-feira (12) trouxe um dos momentos mais inusitados da temporada da NBA. Nos segundos finais da partida entre Charlotte Hornets e Detroit Pistons, o ala Jeremy Lamb acertou um lindo arremesso de três. A cesta colocava a equipe na frente por 108 a 106 faltando apenas 0,3 segundo para o fim. Mas antes do apito final, Malik Monk quase estragou a festa da sua equipe. O segundanista invadiu a quadra para comemorar, mas esqueceu que a partida ainda não havia terminado. Com isso, foi assinalada uma falta técnica a favor dos visitantes e um lance livre convertido deixou a diferença em um ponto. Apesar do vacilo, a vitória não escapou já que o tempo no relógio não era o bastante para uma reação dos Pistons.

Quem não escapou também foi o próprio Monk, que recebeu dois “pescotapas” de Michael Jordan, dono da franquia.

Apesar da cena curiosa, tudo não passou de uma brincadeira. “Foi como um irmão mais velho e um irmãozinho”, disse Jordan para o portal The Associated Press. “Nenhuma intenção negativa. Só amor!”

Malik Monk também entrou na brincadeira e comentou sobre o momento: “Grande, grande irmão mais velho. Mas não foi nada. Ele estava apenas brincando”. O ala também falou sobre a influência do proprietário na mídia. “É o Mike, e o que ele faz é gerar notícias, porque hoje em dia tudo vai para as mídias sociais e todo mundo fica com o celular ligado. Eu não fiquei surpreso”, completou.

Falta de critério irrita Monk

Mesmo com a vitória confirmada, Malik Monk ficou insatisfeito com a marcação da arbitragem. Segundo o ala, jogadores de outras equipes já comemoraram dessa forma e ninguém foi punido. “Se eles marcaram, terão que marcar para cada um deles”, disse o segundanista. “Todo mundo comemora e bota um pé na quadra [assim como Monk]. Mas nós vencemos. Estou feliz que tenhamos vencido”, completou.

Bismack Biyombo, pivô dos Hornets, também comentou sobre o ocorrido: “Eu não percebi que ainda tínhamos tempo no relógio. Eu estava assistindo o replay, e você podia ver que eu estava lá o tempo todo e Malik estava na quadra… Quando Jeremy Lamb apontou para o relógio, nós ficamos tipo ‘Caramba, nós ainda temos muito jogo para jogar'”, completou.

O treinador James Borrego preferiu chamar isso tudo de um “momento de aprendizado”. “Você tem que lembrar que ainda havia 0,3 no relógio”, disse o comandante. “Nós nunca estivemos nessa situação em que acertamos um arremesso como esse, e acho que houve uma grande emoção lá. Uma resposta natural, certo? Mas você tem que comemorar da maneira certa”.

Com a vitória, o Charlotte Hornets ultrapassou o próprio Detroit Pistons na classificação. Com 14 vitórias e 13 derrotas, a equipe da Carolina do Norte chegou ao sexto lugar na Conferência Leste. Já os Pistons caíram para a sétima posição, com 13 vitórias e 13 derrotas.

Foto: Reprodução/ Twitter Hornets

Oddsshark