25/07/2018 - 17h27

DeMar DeRozan diz que foi mantido ‘no escuro’ por dirigente sobre troca com Kawhi Leonard

Ex-Raptors demonstra insatisfação com Masai Ujiri, que não o chamou para conversar

A troca entre San Antonio Spurs e Toronto Raptors continua dando o que falar nos bastidores da NBA. Uma das partes envolvidas na negociação, o ala-armador DeMar DeRozan diz não estar satisfeito pela forma com que Masai Ujiri, presidente da franquia canadense, lidou com sua troca para o Texas.

“Eu sinto que não fui tratado pelo sacrifício que eu fiz por nove anos, com o respeito que eu acho que merecia”, disse DeRozan ao jornalista Chris Haynes, da ESPN americana. “Apenas me dando uma luz sobre o que estava acontecendo, ou se tinha uma chance. Isso é tudo o que eu quero… Eu não estou dizendo que você não tem que me trocar. Apenas me deixe saber que algo está rolando, pois eu sacrifiquei tudo. Apenas me deixe saber. É tudo o que eu peço.”

Como se não bastasse o clima ruim que toda a troca gerou, DeRozan diz que também não ficou satisfeito com a justificativa que Ujiri deu para envolvê-lo no negócio. “Eu dei tudo que eu tinha para aquele time. Cada dia e cada noite, seja lá o que fosse pedido para mim para nos tornarmos melhor.”

“E foi isso o que se mostrou. Então, quando ele [Ujiri] colocou isso pra fora dizendo ‘dê chance a eles’ e ‘eu tenho que fazer algo’ … isso é besteira para mim”, completou DeRozan, mostrando toda sua indignação com o dirigente dos Raptors.

Pouco antes da notícia envolvendo a troca de DeMar DeRozan e mais alguns jogadores por Kawhi Leonard e Danny Green, o ala-armador eleito quatro vezes all-star usou de seu Instagram oficial para divulgar a seguinte mensagem: “Fui informado de uma coisa e aconteceu outra. Não confie neles. Não há lealdade neste jogo. Te vendem rapidinho por um pouco de nada… Logo vocês irão entender… Não se preocupem.”

De acordo com o jornalista Jabari Young, do San Antonio Express-News, DeMar DeRozan é esperado para participar nesta semana da clínica de basquete da seleção dos Estados Unidos em Las Vegas, que será ministrada por Gregg Popovich, seu novo comandante nos Spurs. Ainda nesta semana foi divulgada a informação de que Kawhi Leonard não participará dos treinos.

Crédito da foto: Reprodução/Toronto Raptors Facebook

Oddsshark