13/02/2018 - 02h29

Com grande desempenho coletivo, 76ers vencem Knicks

Todos os titulares dos Sixers tiveram mais de 10 pontos, com o armador reserva T.J. McConnell atingindo um triplo-duplo

T.J. McConnell anota primeiro triplo-duplo da carreira contra New York KnicksPhiladelphia 76ers (29-25) e New York Knicks (23-35) foram adversários pela segunda vez na temporada, com o primeiro acontecendo no dia de Natal e terminando com vitória dos Sixers por 105 a 98 no Madison Square Garden, em Nova Iorque. A franquia da Pensilvânia não encontrou maiores dificuldades para vencer os Knicks novamente, desta vez por 108 a 92, com Dario Saric sendo o cestinha da partida com 24 pontos e T.J. McConnell conseguindo um triplo-duplo, além de todos os cinco titulares de Philly terem passado dos 10 pontos no jogo.

A partida iniciou com uma cesta de Ben Simmons para os Sixers com 16 segundos jogados. Os Knicks não ficaram na frente do placar em nenhum momento da partida e a história seguiu uma narrativa até a metade do segundo quarto: com marcação eficiente e pontos no contra-ataque, os 76ers abriam vantagem sobre os nova-iorquinos, que conseguiam se recuperar por alguns instantes, mas viam os rivais dispararem na liderança novamente. Isso mudou próximo a metade do segundo quarto, com os Knicks cuidando melhor da bola e convertendo melhor suas chances, o que fez com que o primeiro tempo terminasse 57 a 55 para Philadelphia – o primeiro quarto havia terminando 31 a 21 para Philly.

O segundo tempo seguiu a mesma tônica, com os Sixers abrindo a vantagem de 10 pontos após uma cesta de três de J.J. Redick. Os Knicks conseguiram encostar e empatar a partida pela terceira vez com o pivô Enes Kanter restando 3:57 para o fim do período. Depois deste empate, Robert Convington retomou a liderança para os 76ers e tomaram o controle do jogo, fazendo 13 dos últimos 19 pontos do terceiro quarto que deram uma vantagem de 86 a 79.

No último quarto, Philadelphia teve uma corrida de 8 a 0 contra os Knicks nos 3 minutos e 47 segundos inicias e colocou o jogo em 94 a 79, encerrada por uma cesta de três de Michael Beasley. A partida continuou com o domínio dos Sixers, terminando em vitória por 108 a 92. Os cinco titulares dos 76ers com 10 pontos ou mais foram Ben Simmons (13 pontos, seis assistências e rebotes, quatro roubos de bola), Robert Covington (13 pontos e quatro rebotes), J.J. Redick (18 pontos), Joel Embiid (17 pontos e seis rebotes) e o cestinha Dario Saric (24 pontos e quatro rebotes). T.J. McConnell foi outro sixer com destaque, saindo do banco e conseguindo um triplo-duplo com 10 pontos, 10 rebotes e 11 assistências, algo que não acontecia desde a temporada 1963-64.

Para os Knicks, Michael Beasley teve 22 pontos e cinco rebotes. O turco Enes Kanter contribuiu com um duplo-duplo de 17 pontos e 13 rebotes. Courtney Lee marcou 18 pontos, sendo sua primeira partida saindo do banco na temporada. Ele havia jogado os outros 57 jogos como titular para New York, mas Jeff Hornacek, técninco dos Knicks, preferiu com Lance Thomas para marcar Ben Simmons devido a sua maior estatura. Emmanuel Mudiay fez sua segunda partida para os nova-iorquinos, tendo sete pontos em 19 minutos, enquanto que na estreia foram 14 pontos e 10 rebotes na derrota para Indiana Pacers por 121 a 113.

Foi a sétima derrota seguida dos Knicks, sendo a terceira sem Kristaps Porzingis, fora da temporada com rompimento do ligamento no joelho esquerdo. Um dos importantes fatores da derrota para os 76ers foram os arremessos de três não convertidos. New York lançou 24 bolas da linha de três, acertando apenas seis. Tim Hardaway Jr. contribuiu para esses números, perdendo todas as oito tentativas de três que arriscou. O recorde fora de Nova Iorque é de 7-24 para os Knicks.

Nova contratação

Marco Belinelli já esteve no banco para os 76ers. O veterano, campeão com o San Antonio Spurs em 2014, defendia o Atlanta Hawks antes de assinar com os Sixers. Pela franquia da Georgia, o italiano teve médias de 11,4 pontos em 23,3 minutos por jogo, que teve seu contrato rescindido com a equipe. O jogador afirmou ter optado por Philadelphia pois acredita que a equipe é um time em ascensão e é capaz de chegar aos playoffs. Ele teria negado Oklahoma City Thunder, Portland Trail Blazers, Milwaukee Bucks e Toronto Raptors para assinar com Philly.

The Answer

Allen Iverson, um dos maiores jogadores da história do Philadelphia 76ers, foi o responsável por tocar o sino da Liberdade cerimonial antes do início da partida. O dia 12 de fevereiro de 2018 marca 13 anos da perfomance de 60 pontos de The Answer contra o Orlando Magic.

O que vem por aí…

Os dois times voltam às quadras na quarta-feira (14). Os Knicks retornam para Nova Iorque e recebem o Washington Wizards, enquanto que os 76ers permanecem na Filadélfia e encaram o Miami Heat.

(Foto: Reprodução Twitter/Philadelphia 76ers)

Oddsshark