15/05/2018 - 22h48

Clint Capela pede mais movimentação no ataque dos Rockets

Pivô acredita que as jogadas de isolation com James Harden e Chris Paul não serão suficientes para a equipe avançar às finais

during their NBA gameO pivô Clint Capela, do Houston Rockets, comentou sobre o ataque da equipe após a derrota desta segunda-feira, por 119 a 106, para o Golden State Warriors, que fez a franquia de Houston perder a vantagem do mando de quadra na série. Segundo o suíço, o time precisa rever as ações ofensivas se quiser seguir na briga pela classificação às finais da NBA.

Na partida, os Warriors conseguiram uma média de 122,7 pontos a cada 100 posses, contra apenas 102,7 dos Rockets. Dos 106 pontos da franquia de Houston, apenas 42 vieram de mãos que não fossem de James Harden e Chris Paul, com um aproveitamento de 17 arremessos convertidos em 44 tentados (6-21 da linha de três pontos). Essa combinação dificilmente trará a vitória para a equipe durante esta série.

E Capela, pivô e um dos principais nomes da equipe na temporada, analisou essa situação e sugeriu algumas mudanças durante entrevista ao jornalista Sam Amick, do USA Today: “Nós estamos lá, esperando Harden e Paul tomarem as decisões. É isso que eles fizeram durante toda a temporada, então é algo difícil de se mudar agora. Talvez tenhamos que estar mais ligados, talvez usar mais screens para ficarmos livres e para termos maior movimentação, então o foco não ficaria todo com Harden e Paul”.

Os Rockets foram os piores durante a temporada regular da NBA no quesito passes feitos, com 253,8 em média por partida. Apenas como comparação, os Warriors ficaram em quarto neste quesito, com 322,7 passes feitos por partida. Durante os playoffs essa média de Houston piorou, caindo para 227,4 por jogo (melhor apenas que o Oklahoma City Thunder, que teve 224,7).

(Foto: Ezra Shaw/Getty Images)

Oddsshark