08/01/2019 - 11h39

Após início lento, San Antonio Spurs reage e derrota o Detroit Pistons

Gregg Popovich dá dura no time ainda no primeiro quarto, triunfa e faz história na NBA

Após início problemático que obrigou o técnico Gregg Popovich a pedir tempo duas vezes ainda no primeiro quarto, o San Antonio Spurs conseguiu reagir e derrotou o Detroit Pistons fora de casa por 119 a 107 na noite desta segunda-feira (7). Com o triunfo, o comandante do time texano chegou a 1.221 vitórias na carreira e igualou Jerry Sloan na terceira posição como treinador mais vitorioso da história da NBA.

Há quem critique o jeito ‘seco’ de Popovich dentro e fora das quadras, seja em seu comportamento durante os jogos, seja na entrevistas aos jornalistas. Mas uma coisa é fato: Pop sabe o que faz, não à toa fez história mais uma vez diante dos Pistons.

Os Spurs tiveram o início bem lento, algo incomum para quem costuma acompanhar a equipe. Isso fez com que o treinador pedisse o primeiro tempo técnico restando 6:19 para o fim da etapa inicial. No ataque seguinte, após erro de passe de San Antonio, Popovich pediu tempo mais uma vez – 14 segundos após a primeira parada -, o que não deve ter sido muito agradável para os jogadores.

“Foram apenas erros psicológicos, erros psicológicos defensivamente, que deram a eles cestas muito fáceis”, explicou o ala-armador Bryn Forbes. “Eu não sei se foi para retardar a sequência deles, mas nós colocamos a cabeça na direção correta, o que diminuiu o ritmo deles”, acrescentou.

O efeito Popovich deu certo e os jogadores conseguiram recuperar o início frustante, fazendo com que os visitantes terminassem o primeiro tempo na frente e, consequentemente, vencendo a partida. “Eu acho que depois do primeiro quarto nós competimos bem, nós fomos mais espertos e executamos melhor”, disse o técnico dos Spurs. “Nós tivemos um primeiro quarto pobre, mas eu acho que nós conseguimos superar isso juntos e focar muito bem depois disso.”

O time de San Antonio perdia por 19 a 9 quando Popovich fez seu segundo pedido de tempo. Depois disso, uma sequência de 23 a 2, somando momentos do primeiro e segundo quarto, deram uma vantagem de 45 a 33 para os Spurs, que venceram o primeiro tempo por 59 a 51. A partir daí, foi só administrar o resultado. Com o triunfo, a equipe do Texas agora soma cinco vitórias consecutivas – 13 nos últimos 16 jogos – e está invicta em 2019 até agora.

Pelo San Antonio Spurs, destaque para DeMar DeRozan, que foi para 26 pontos (12-21 FG), além de nove assistências e sete rebotes. LaMarcus Aldridge fechou a noite com 25 pontos e seis rebotes, enquanto Derrick White anotou 17 pontos e cinco rebotes. Bryn Forbes anotou 15 pontos e quatro rebotes e, vindo do banco, Patty Mills contribuiu com 13 pontos e quatro rebotes.

No Detroit Pistons, Blake Griffin foi o grande destaque da noite com 34 pontos e oito assistências. Andre Drummond terminou o duelo com 19 pontos, 14 rebotes e três roubos, enquanto Reggie Jackson marcou 14 pontos. Seu xará, Reggie Bullock, foi para 13 pontos e quatro rebotes. Os suplentes Jon Leuer e Luke Kennard ajudaram com para dez pontos cada.

Confira os resultados da rodada da noite desta segunda-feira (7) da NBA:

San Antonio Spurs 119 @ 107 Detroit Pistons
Brooklyn Nets 95 @ 116 Boston Celtics
Denver Nuggets 113 @ 125 Houston Rockets
Utah Jazz 102 @ 114 Milwaukee Bucks
Memphis Grizzlies 95 @ 114 New Orleans Pelicans
Los Angeles Lakers 107 @ 97 Dallas Mavericks
New York Knicks 101 @ 111 Portland Trail Blazers
Orlando Magic 95 @ 111 Sacramento Kings

Veja quais são os jogos que acontecem nesta terça-feira (8):

Indiana Pacers @ Cleveland Cavaliers
Washington Wizards @Philadelphia 76ers
Denver Nuggets @ Miami Heat
Atlanata Hawks @ Toronto Raptors
Minnesota Timberwolves @ Oklahoma City Thunder
Sacramento Kings @ Phoenix Suns
New York Knicks @ Golden State Warriors
Charlotte Hornets @ LA Clippers

*Texto publicado pelo mesmo autor no blog Spurs Brasil

Crédito da foto: Reprodução/San Antonio Spurs Twitter (@spurs)

Oddsshark