12/06/2018 - 23h26

Troy Tulowitzki não coloca prazo para volta à MLB

Recuperando-se de cirurgia nos pés, Troy Tulowitzki admite que não há data prevista para retorno aos gramados

Quando chegou ao Toronto Blue Jays em meados de 2015 oriundo do Colorado Rockies, franquia com a qual subiu para a Major League Baseball, Troy Tulowitzki tinha um lugar garantido entre os melhores jogadores da liga. O período defendendo o time canadense foi marcado por lesões e, mesmo com os recorrentes problemas físicos, o shortstop não desiste. Sem uma data prevista para o retorno aos gramados, ele garantiu nesta terça-feira (12) que espera voltar a jogar ainda em 2018.

O veterano de 33 anos foi submetido, pouco mais de dois meses atrás, a um procedimento nos dois pés, o que afastou-o do elenco dos Blue Jays no início da temporada. Tulo já havia perdido grande parte do ano passado por conta de uma contusão no tornozelo. Pouco antes do Spring Training, ele agravou um problema ósseo pré-existente no calcanhar direito, com sua participação na pré-temporada da MLB limitada a treinos sem movimentação. O passo seguinte foi a ida à lista de contundidos de 60 dias, em que encontra-se até hoje.

Na sequência, veio a operação nos dois calcanhares, para remoção de fragmentos ósseos e limpeza da área. Ele explicou a situação ao jornalista Arden Zwelling, da Sportsnet. “Tudo (a recuperação) resume-se ao que sinto. Não há um calendário. Eu venho diariamente e discuto com eles (equipe médica) como estou sentindo-me, dou feedback, vejo como estou. Tentamos mapear um plano semanal de o que faremos. Mas, honestamente, isso muda a cada dia”, resumiu Tulowitzki.

Escolhido cinco vezes para o All-Star Game da MLB, o shortstop segue treinando rebatidas e fazendo exercícios defensivos considerados leves. Ele ainda negou qualquer chance de adiantar o processo de recuperação. “Tenho que fazer as coisas do jeito certo. Acho que houve vezes na minha carreira em que tentei jogar em meio às coisas (dores) e talvez o resultado que estava lá não era o que eu queria. Eu passei dos limites e forcei. Acho que desta vez tenho que fazer isso deste jeito, ser egoísta e fazer o melhor para mim”, resumiu ele.

Há margem para otimismo, porém. Antes da partida desta terça-feira contra o Tampa Bay Rays, Tulo falou que sente-se bem. “Posso dizer, honestamente, que pela primeira vez em algum tempo eu sinto que estou caminhando na direção certa”, afirmou ele antes de rejeitar qualquer prazo para a volta. “Não quero sentar aqui e garantir que voltarei, mas gosto das minhas chances. Estou em um bom local. Sinto que isso (a cirurgia) deveria ser feito. Sinto que estou melhorando”, concluiu.

Mesmo sem jogar, o shortstop deve receber US$ 20 milhões em 2018, tendo contrato por mais duas temporadas em troca de US$ 38 milhões. A ausência de Troy Tulowitzki forçou os Blue Jays a colocar em campo um grupo formado por Aledmys Diaz, Lourdes Gurriel Jr., Giovanny Urshela, Richard Urena, Gift Ngoepe e, eventualmente, o catcher Russell Martin, e o resultado tem sido ruim, abaixo da média da MLB como um todo.

Crédito das imagens: Tom Szczerbowski/Getty Images e Reprodução/Twitter

Oddsshark