07/02/2019 - 23h12

Morre Frank Robinson, primeiro manager negro na história da MLB

Primeiro manager negro da MLB, Robinson é único considerado como MVP nas Ligas Americana e Nacional

Morre Frank Robinson, primeiro manager negro na história da MLBO mundo do beisebol está de luto. Após uma longa luta contra um câncer nos ossos, morreu nesta quinta-feira (7/2), Frank Robinson, primeiro manager negro na história da MLB. Único jogador a ser considerado como MVP tanto na Liga Americana (Baltimore Orioles, 1966) quanto na Nacional (Cincinnati Reds, 1961), Robinson era conhecido por seu espírito de liderança e ganhou seu lugar no Hall da Fama do Beisebol no primeiro ano de elegibilidade (1982).

“A carreira de Frank Robinson no beisebol não tem comparação, um pioneiro em todos os sentidos, impactando gerações. Ele foi um dos maiores jogadores de nosso esporte, mas isso foi apenas o início de uma carreira multifacetada dentro do beisebol. Estamos muito tristes pela perda do nosso amigo, colega e lenda, que trabalhou no nosso esporte por 60 anos. Em nome da Major League Baseball, envio minhas condolências à esposa de Frank (Barbara), sua filha (Nichelle), sua família e seus incontáveis fãs que admiravam esta grande figura de nosso passatempo nacional”, afirmou Rob Manfred, comissário da MLB, em comunicado oficial.

Frank rebateu 586 home runs na carreira e foi nomeado para o All-Star Game em 14 oportunidades, vencendo a Tríplice Coroa na Liga Americana em 1966 com ótimos números – 31,6% de aproveitamento no bastão, 49 home runs, 122 corridas impulsionadas e 122 corridas. Vale lembrar que ele foi responsável por abrir e pavimentar o caminho para vários outros técnicos que integraram a liga a partir daquele momento.

Em seu primeiro jogo como manager, no dia 8 de abril de 1975, Robinson vivenciou um dos episódios mais memoráveis de sua carreira; na primeira entrada da partida contra o New York Yankees, o lendário jogador bateu um home run contra Doc Medich, arremessador titular dos Yankees na ocasião.

Enquanto manager, Frank Robinson passou por Cleveland Indians, San Francisco Giants, Baltimore Orioles e Montreal Expos/Washington Nationals. Se o episódio mais impressionante da carreira de Robinson foi o home run contra os Yankees em abril de 1975, o segundo episódio ocorreu nos Orioles em 1988 e 1989. Na temporada de 88, o time de Baltimore perdeu 107 partidas, fato que acabou motivando uma ligação do então presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, que tentou consolar Frank.

Em 1989, os Orioles deram a volta por cima: a equipe terminou a temporada com um retrospecto de 87 vitórias e 75 derrotas, sendo eliminada no 161º jogo. Frank Robinson venceu o prêmio de Manager do Ano na Liga Americana naquela ocasião. Naquela mesma temporada, fez parte do primeiro jogo opondo dois times com técnicos negros, quando a equipe do estado de Maryland enfrentou o Toronto Blue Jays de Cito Gaston.

Nascido na cidade texana de Beaumont, no dia 31 de agosto de 1935, Robinson cresceu em Oakland, Califórnia e, no high school, teve Bill Russell (que viria a ser o primeiro técnico negro da história da NBA) como companheiro de time na conquista de um título estadual de basquete. Teve sua camisa de número 20 aposentada por Reds, Orioles e Indians, fato este que o une a Nolan Ryan como únicos jogadores a terem seu número aposentado por três equipes. Além disso, as três equipes erigiram estátuas em homenagem a Frank, que também foi condecorado por George W. Bush em 2005 com a Medalha Presidencial da Liberdade.

O pioneiro e lendário texano também ocupou funções administrativas dentro da MLB, como a de vice-presidente sênior de operações da liga e de presidente honorário da Liga Americana.

Foto: Reprodução Twitter/MLB

Oddsshark