06/03/2019 - 22h49

MLB pode criar ‘Election Day’ para o All-Star Game

Escolha de titulares para All-Star Game da MLB envolveria 'super-final'

O esperado acordo entre a MLB e a MLBPA, associação que representa os jogadores da liga, que tem como foco a redução no tempo das partidas, pode trazer grandes mudanças para o All-Star Game. Além de pontos como relógio para diminuir o tempo entre arremessos, atuação mínima de relievers e mudanças no tamanho dos elencos, a conversa envolve a criação de um ‘Election Day’, em que os fãs escolheriam os titulares da Liga Americana e da Liga Nacional com base no resultado de uma votação anterior, segundo a imprensa norte-americana.

A maior parte das mudanças seria aplicada em 2020, ainda em meio ao atual acordo coletivo que termina no fim da temporada 2021, mas não há qualquer informação sobre mudanças nas regras de escolha dos participantes do All-Star Game já em 2019. De acordo com a ESPN, o novo modelo inclui uma votação online, semelhante ao que ocorre atualmente. Os três mais votados em cada posição nas duas ligas seriam incluídos em uma nova disputa, que ocorreria em apenas um dia e daria aos fãs o direito de escolher os titulares.

Não está claro se isso significa que o jogo não envolverá mais a disputa entre Liga Americana e Liga Nacional, que por anos definia o mando de campo em um hipotético jogo 7 da World Series (atualmente, o time da casa é aquele com mais vitórias na temporada regular da MLB). A fonte citada pela ESPN aponta a possibilidade de maior engajamento dos torcedores, mais interação nas redes sociais e criar um processo mais emocionante para a escolha dos titulares.

Outro item que entrou em discussão envolve os valores pagos aos participantes do Home Run Derby, praticamente um aquecimento para o duelo e que ocorre na segunda-feira, um dia antes do ASG. Este seria um atalho para convencer mais estrelas a envolver-se na disputa uma vez que, entre o risco de lesão, hipotéticas longas viagens e a possibilidade de passar mais tempo com a família (especialmente no caso de quem não foi selecionado para o jogo) em uma das raras folgas entre março e setembro, muitos atletas dispensam o Home Run Derby, esvaziando o evento.

A discussão entre a MLB e a MLBPA pode ter um final feliz nos próximos dias. Entre as mudanças discutidas, está o aumento dos elencos para 26 jogadores durante a temporada, com no máximo 13 arremessadores neste grupo. Em setembro, em vez de 40 atletas, cada equipe poderia incluir mais dois integrantes, provavelmente com limite para até 14 pitchers. A partir de 2020, a levar em conta os rumores divulgados na imprensa dos Estados Unidos, cada arremessador que subir ao montinho teria de enfrentar ao menos três rebatedores, exceto em casos específicos, com o objetivo de diminuir o tempo total de partidas, uma das principais bandeiras do comissário Rob Manfred.

Crédito das imagens: Rob Carr/Getty Images e Reprodução/Twitter MLB

Oddsshark