12/08/2018 - 22h54

Em volta de lesão, Chris Sale dá novo show e Red Sox varrem Orioles

Sale deixou a DL e, mesmo com apenas cinco entradas, eliminou 12 por strikeout em varrida de Boston

Chris Sale caminha a passos largos para conquistar o prêmio de Cy Young – melhor arremessador da Liga Americana em 2018. Neste domingo (12), ele jogou apenas cinco entradas, mas foi o suficiente para eliminar 12 por strikeout, não sofrer corridas e permitir apenas uma rebatida ao ataque do Baltimore Orioles. Melhor para o Boston Red Sox, que venceu o jogo fora de casa por 4 a 1 e varreu a série de quatro jogos contra o rival da AL East.

Sale (V, 12-4) retornava de um período afastado por lesão (dores no ombro esquerdo) e, por isso, ficaria em campo por um máximo de 75 arremessos de acordo com a comissão técnica dos Sox. Porém, fez seu estrago em apenas 68 lançamentos antes do justo descanso.

Com mais uma atuação impressionante, ele se torna o primeiro jogador da franquia desde 1913 com um ERA abaixo de 0.20 em sete partida consecutivas. Na temporada, seu ERA é de 1.97, o menor da Liga Americana e segundo menor da MLB em 2018.

Do outro lado, Alex Cobb (D, 3-15) não fez uma partida ruim em sete entradas. Foram seis rebatidas e dois walks, com apenas uma corrida merecida e sete strikeouts.

No ataque, os Red Sox abriram vantagem logo na primeira entrada, num solo home run de Steve Pearce (ver abaixo). Na quarta parcial, J.D. Martinez conseguiu uma rebatida para o campo direito, Adam Jones se enrolou na defesa e não conseguiu fazer o lançamento a tempo. Resultado: Brock Holt deixou a primeira base e chegou até o home plate, fazendo 2 a 0.

Já sem Sale em campo, Boston teve certa dificuldade para manter a vantagem e colocou cinco relievers em ação até o fim do jogo. Matt Barnes, por exemplo, responsável por ceder a única corrida de Baltimore no jogo, na oitava entrada, numa rebatida de sacrifício de Trey Mancini e ponto anotado por Cedric Mullins.

A situação poderia ser mais difícil para os Red Sox não fosse mais um bom momento ofensivo na última entrada. Jackie Bradley Jr., numa rebatida simples, impulsionou corrida de Eduardo Nunez. Na sequência, Bradley pontuou numa dupla de Mookie Betts. Assim ficou mais fácil para Craig Kimbrel fechar o jogo e garantir seu 35º save no ano.

Com a varrida, o Boston Red Sox segue com a melhor campanha da MLB, agora 85 vitórias e 35 derrotas. A equipe é a única com aproveitamento superior a 70% na temporada. Já o Baltimore Orioles segue seu calvário e vive momento exatamente inverso: é o pior time da MLB, com 35-84 na tabela.

(Foto: Divulgação/MLB)

Oddsshark