The Playoffs

18/05/2017 - 23h17

Drew Brees admite que não contaria a esposa se tivesse uma concussão

Em meio a polêmica concussão de Brady revelada por Gisele, Brees diz que agiria diferente do colega

KANSAS CITY, MO - OCTOBER 23: Quarterback Drew Brees #9 of the New Orleans Saints looks on from the sidelines against the Kansas City Chiefs during the second half on October 23, 2016 at Arrowhead Stadium in Kansas City, MissouriO quarterback do New Orleans Saints Drew Brees até tentou se esquivar quando perguntado se ele revelaria qualquer problema de saúde relacionado à cabeça para sua esposa, Brittany, mas por fim acabou admitindo que a manteria no “escuro”.

Foi no programa “The Dan Patrick Show”, nesta quinta-feira (18). Depois que a modelo brasileira Gisele Bündchen fez uma revelação de sobre seu marido, Tom Brady – quarterback do New England Patriots -, que supostamente teria sofrido uma concussão na temporada de 2016 e não contou a ninguém (além dela), Brees foi convidado pelo apresentador a comentar o assunto. “Não tenho comentários sobre isso. É coisa deles (Brady e Gisele)”, disse o QB dos Saints.

Porém, Dan Patrick insistiu e conseguiu arrancar algo de Brees, que disse que não contaria para sua mulher se estivesse em situação parecida. “Eu não iria querer que ela se preocupe [com uma concussão]”, disse o jogador entrevistado, sem entrar no mérito se isso também seria uma forma de manter segredo e evitar a saia justa que Brady passou.

Brees concordou que o auto-relato de concussões na NFL não é tão comum quanto deveria ser, e depois falou sobre quando sofreu uma concussão em 2004, quando ainda jogava no San Diego Chargers. O quarterback afirmou que foi a única vez que ele sofreu essa lesão em sua carreira na NFL.

“Eu sabia que algo não estava certo. Eu sabia que era concussão”, disse Brees. “Mas eu não saí do jogo, quero dizer, eu fiquei no jogo e joguei o máximo que pude até que finalmente um treinador me puxou de lado e disse: ‘Estou cuidando de você aqui, e você não vai mais jogar.’ […] E é por isso que é difícil mudar essa mentalidade para os caras. Quando você está no calor do momento, calor da batalha e é competitivo, você não quer sair. É por isso que os protocolos de concussão existem. Você tem os consultores neurológicos independentes, os instrutores e os árbitros, todo mundo esta cuidando.”

Apesar de a NFL dizer que não tem registros indicando uma concussão em qualquer momento durante a carreira de Tom Brady, o caso gerou polêmica, já que a Liga tem sérios procedimentos para cuidar dos jogadores nesses casos e omitir uma lesão dessas poderia gerar punições ao jogador e aos Patriots.

(Foto: Peter Aiken/Getty Images)