12/02/2018 - 20h45

TOP 5: os melhores linebackers do Draft da NFL de 2018

Com uma classe promissora, linebackers de 2018 podem ajudar bastante equipes precisando melhorar sua defesa

Roquan Smith, linebacker de Georgia Bulldogs

Passado o Super Bowl LII, os olhos dos torcedores da NFL se voltam para a offseason e para o Draft. Nele, as franquias sonham com seu futuro e uma boa seleção pode alterar o destino para os próximos anos.

Para deixar os fãs por dentro do processo de seleção e dos melhores jogadores oriundos do College Football a serem escolhidos em abril, o The Playoffs faz uma série de textos com os melhores prospectos da classe de 2018, posição por posição. Já falamos sobre os quarterbacks, running backs, tight ends e defensive backs. Chegou a vez, então, do coração da defesa. Segue a lista dos melhores linebackers disponíveis para seleção no Draft 2018 da NFL.

Lembrando que: 1. as opiniões aqui são baseadas na opinião e análise do autor; 2. a ordem abaixo não significa necessariamente a ordem em que eles devem ser escolhidos, uma vez que cada time pode ter diferentes visões e necessidades no Draft.

(Fonte: Reprodução Twitter / Georgia Football)

MENÇÃO HONROSA. Shaquem Griffin – UCF

Shaquem Griffin, linebacker de UCFEssa história de superação não poderia ficar de fora de um texto sobre os melhores linebackers do futebol americano universitário. Shaquem nasceu com uma síndrome que impediu o desenvolvimento total dos dedos de sua mão esquerda. Aos quatro anos de idade, sua mão teve de ser amputada por conta da dor que causava. Ainda assim, não desistiu de seu sonho e continuou a praticar esportes, chegando a competir em atletismo, beisebol e, claro, futebol americano.

Após se destacar no high school, o jogador recebeu uma bolsa integral para jogar em UCF junto com seu irmão gêmeo, Shaquill Griffin, cornerback selecionado no Draft de 2017 pelo Seattle Seahawks.

Na temporada passada, Shaquem Griffin teve uma grande participação na campanha invicta dos Knights, com 74 tackles, sendo 13,5 para perda de jardas, sete sacks e sendo eleito MVP defensivo do Peach Bowl. Agora, foi convidado para o Combine e tem grandes chances de ter seu nome ouvido em abril.

(Foto: Reprodução Twitter / NFL)

5. Leighton Vander Esch – Boise State

Leighton Vander Esch, linebacker de Boise StateVander não está cotado para sair na primeira rodada. O linebacker dos Broncos, porém, foi uma boa surpresa em 2017 após uma lesão ter o tirado de boa parte da temporada de 2016. O junior foi eleito jogador defensivo da Mountain West no ano passado, somando 126 tackles, e acabou decidindo se declarar para o Draft da NFL.

Alto e veloz, o jogador possui uma boa leitura de jogadas terrestres, atacando agressivamente. Porém, a maioria de seus tackles vem após a linha de scrimmage e o jogador por vezes acaba preso em bloqueios de adversários. Também consegue acompanhar tight-ends, tendo mostrado um bom trabalho na cobertura do jogo aéreo.

(Foto: Reprodução Twitter / Leighton Vander Esch)

4. Malik Jefferson – Texas

Malik Jefferson, linebacker de TexasJefferson é um dos principais prospectos para a NFL desde o high school, quando venceu o Butkus Award (coroado o melhor linebacker do país) em 2014 e estava entre os 20 melhores jovens a serem recrutados naquele ano. Apesar de perder o posto de principal jogador da classe, Jefferson teve uma carreira sólida na Universidade do Texas.

Sendo extremamente atlético, obteve bons números logo em seu ano de freshman, começando como titular em nove partidas e somando 61 tackles. Em 2017, Jefferson conseguiu se manter saudável e anotou incríveis 110 tackles, sendo o líder dos Longhorns na estatística.

Com uma excelente combinação de tamanho, velocidade e atleticismo, o linebacker ainda é um diamente a ser lapidado e precisa melhorar diversos aspectos de seu jogo, mas seu potencial é altíssimo. Vale a aposta.

(Foto: Reprodução Twitter / Malik Jefferson)

3. Rashaan Evans – Alabama

Rashaan Evans, linebacker de Alabama, após vencer o CFPNascido em Auburn, mas jogando pela Crimson Tide, Evans é mais um linebacker de Alabama entre os principais prospectos do Draft da NFL.

Após ficar na sombra de outros grandes jogadores, como Reuben Foster, Evans aproveitou seu senior year para se estabelecer como um dos principais jogadores da posição do país. Em 2017, terminou com 74 tackles, sendo 13 deles para perda de jardas, e 6 sacks, números expressivos para um inside linebacker.

Com boa velocidade e alcance, características cada vez mais valorizadas na NFL, Evans tem uma explosão que o permite infiltrar rapidamente a barreira adversária. Paciente e disciplinado após ser moldado por ninguém mais que Nick Saban, o atleta ainda precisa melhorar o diagnóstico de jogadas (principalmente em situações de passe) e alguns analistas têm dúvidas a respeito de sua saúde.

(Foto: Reprodução Twitter /Rashaan Evans)

2. Tremaine Edmunds – Virginia Tech

Tremaine Edmunds, outside linebacker de Virginia TechPara muitos, Edmunds é o LB com maior teto da classe de 2018. Jogando já como true freshman, o outside linebacker tem apenas 19 anos e mostrou um grande potencial em seus anos nos Hokies.

É um jogador alto, versátil e que ataca os espaços abertos na linha ofensiva adversária. Com um atleticismo fora do comum, agilidade, e um  bom trabalho de pés, Edmunds foi finalista do Butkus Award em 2017 após terminar a temporada com 5,5 sacks e 109 tackles. Precisa melhorar aspectos mentais do jogo, como identificar uma jogada e ser mais paciente, mas com suas habilidades atléticas tem tudo para ser um dos grandes pass rushers da NFL.

O futebol americano vem de família, com o pai, Ferrell Edmunds, sendo ex-tight end do Miami Dolphis duas vezes eleito pro Pro Bowl. Os outros dois irmãos de Tremaine também jogaram futebol americano universitário por Virginia Tech, com o irmão mais velho (Trey Edmunds) sendo um running back do New Orleans Saints e o irmão mais novo (Terrell Edmunds) um safety quotado para sair no segundo dia do Draft deste ano.

(Foto: Reprodução Twitter / Tremaine Edmunds)

1 – Roquan Smith – Georgia

Roquan Smith é eleito jogador defensivo do ano da SECUm dos destaques da atual finalista do College Football, Roquan Smith é um dos principais prospectos na posição de linebacker dos últimos anos. Atuando a maioria das vezes como inside linebacker, o jogador foi um monstro na defesa dos Bulldogs, acumulando 6,5 sacks em 2017 e liderando a equipe na estatística, algo não muito comum para um jogador da posição.

Apesar de ser considerado pequeno, o linebacker mais que compensa com sua velocidade, sua capacidade de liderança e seu QI de futebol americano. O jogador tem uma facilidade em ler o ataque adversário e atacar a bola, sendo efetivo de sideline a sideline. Também consegue mudar rapidamente de direção. Como ponto a melhorar, está seu trabalho de mãos, já que muitas vezes fica preso aos bloqueios.

Após três temporadas na Georgia, o atleta de 20 anos acumulou bons números, mas foi mesmo no ano passado que se tornou o melhor jogador de sua posição no nível universitário, quando foi consagrado com o Butkus Award (prêmio dado para o melhor linebacker do país) e eleito o jogador defensivo do ano da SEC.

Cotado até mesmo para o top 10 do próximo processo de seleção, Smith acabou decidindo por não voltar para seu último ano de eligibilidade e se declarou para o Draft de 2018 da NFL.

(Fonte: Reprodução Twitter / Georgia Football)

PRÉVIAS: Os melhores do Draft da NFL de 2018

Os 5 melhores quarterbacks
Os 5 melhores defensive backs
Os 5 melhores running backs
Os 5 melhores tight ends

Próximas:

– 17/2: os melhores OL
– 24/2: os melhores wide receivers
– 3/3: os melhores DL

Oddsshark