13/05/2018 - 22h57

[PRÉVIA] Final da Conferência Oeste da NBA: Houston Rockets x Golden State Warriors

Donos de melhor campanha na temporada regular, Rockets entram ainda sob desconfiança para duelo contra os Rockets

Rockets e Warriors disputam final do Oeste da NBA

Finalmente a esperada final da Conferência Oeste chegou! Houston Rockets e Golden State Warriors irão disputar uma das séries mais esperadas dos últimos tempos. De um lado, James Harden e Chris Paul liderando a melhor campanha da história do time texano, além da redenção de Mike D’Antoni como treinador. Do outro lado temos um time histórico detentor da melhor campanha da história das temporadas regulares e dos playoffs, além de contar com Stephen Curry, Kevin Durant e Klay Thompson, tudo isso comandado pelo ótimo Steve Kerr.

Diante disso, o que esperar dessa final? Confira em mais uma prévia do The Playoffs!

ROCKETS X WARRIORS

Chris Paul - Houston RocketsO Houston Rockets conseguiu fazer a melhor campanha da temporada regular da NBA, mesmo com Chris Paul participando de apenas 58 jogos dos 82. Com o camisa 3 em quadra, a equipe venceu 50 dos 58, alcançando um respeitável índice de 86% de vitórias. Mesmo com números individuais “discretos” o armador consegue melhorar o seu time e vai ser fundamental para esta série.

Os Rockets são o principal expoente das bolas de três na liga (sim, por incrível que pareça não são os Warriors), tentando nada menos que 42 arremessos desse tipo por jogo em média, convertendo 36% desses arremessos (apenas a 15ª melhor marca). Além disso, o time de D’Antoni tem o segundo melhor ataque da NBA com 112,4 pontos por jogo e o segundo ataque mais eficiente da liga. No ponto de vista da defesa, surpreendentemente o time conseguiu ser a sexta defesa mais eficiente (considerando a marca por posse de bola), além de ser o quinto time que mais roubou bolas na temporada regular. A franquia conta ainda com Clint Capela sendo uma real ameaça em pontes-aéreas após jogadas de pick-and-roll.

Em termos de organização tática, o Houston mostrou-se uma versão 2.0 do Phoenix Suns de D’Antoni, os arremessos de três tornaram-se a principal arma da equipe e James Harden tem o papel de ser o coordenador ofensivo da equipe.

LEIA MAIS:

+ Agenda: datas, horários e transmissões das finais de conferêcia

+ Warriors contra a rapa?

Durant lidera Warriors em vitória contra os PelicansJá Golden State fez uma temporada, no mínimo, preguiçosa além de sofrer com lesões de Stephen Curry e Kevin Durant em determinada parte do campeonato. Apesar disso, o time de Steve Kerr fez uma campanha extremamente digna e voltou com tudo nos playoffs. Os Dubs foram a equipe com a maior média de pontos durante a temporada regular com 113,5 pontos e tiveram também o maior índice de acerto da linha de três pontos (39,1%), além de ser o quinto time que joga mais rápido na liga. Resumindo, os Warriors foram o melhor ataque da temporada regular incontestavelmente.

No ponto de vista defensivo eles também não fazem feio. Foram o nono time mais eficiente da liga, o que mais distribuiu tocos e o terceiro que menos permite ao adversário acertar arremessos. Apesar de números parecidos, o time de Curry é bem diferente dos Rockets. Tem um ritmo de ataque completamente acelerado e colaborativo, todos passam a bola, todos fazem bloqueios e todos arremessam. Não à toa, vem sobrando na NBA há quatro anos.

Retrospecto e o duelo

during their NBA gameNa temporada regular as franquias se enfrentaram três vezes e o Houston Rockets saiu vencedor em duas oportunidades. Os jogos foram bem equilibrados e em nenhum momento foi possível dizer que um time se sobressaiu em relação ao outro nesse confronto direto. Nos playoffs, como diz o clichê, a história é outra.

Analisando a chave para a vitória de Houston, eu diria que é Clint Capela. O pivô evoluiu demais esta temporada e se tornou realmente uma arma ofensiva para sua equipe, um tipo de jogador que Golden State não tem em nível parecido. Os Warriors podem marcá-lo de duas maneiras: a primeira é colocar JaVale McGee em quadra e oferecer maior proteção de garrafão, entretanto o jogador dos Dubs pode ser facilmente derrotado em uma eventual troca no pick-and-roll com Harden ou Paul. A segunda maneira é usar o mesmo expediente que foi usado contra Anthony Davis: Draymond Green irá forçar o pivô naturalizado suíço a ficar fora do garrafão e em uma eventual troca de marcação o camisa 23 é bom o suficiente para marcar os armadores de Houston.

Para o time de D’Antoni ter sucesso é necessário não entrar no jogo rápido e envolvente do Golden State Warriors, além de achar uma forma de furar a boa defesa adversária. Os Warriors têm a capacidade de resolver qualquer jogada que “quebre” com Kevin Durant, Stephen Curry, Klay Thompson, Draymond Green e até mesmo Andre Iguodala, enquanto o time do Texas tem basicamente James Harden e Chris Paul.

Os Warriors melhoraram sumariamente nos playoffs e esse é um grande problema para qualquer adversário. A defesa deixou de ser preguiçosa e o ataque atingiu outro nível com a volta de Stephen Curry. Porém, apesar do favoritismo óbvio, não seria surpresa nenhuma que o Houston Rockets surpreendesse na série. Para ter sucesso, o time de Steve Kerr deve continuar defendendo bem e os erros do ataque precisam diminuir. Apesar de ser o ataque mais eficiente, o time ainda comete muitos turnovers e sofre determinados apagões durante o jogo. Isso pode custar caro jogando contra um time que chuta infinitas bolas de três e pode pulverizar uma vantagem de 15 pontos em questão de poucos minutos.

Em suma, nós teremos um grande confronto que pode sim ser chamado de final antecipada da NBA. Para nós, espectadores, será um prato cheio ver um dos times mais empolgantes ser levado a seu limite contra aquele que conseguiu dar um passo adiante e finalmente se tornar um contender. Resta saber se os Rockets já são fortes o bastante para derrubar a hegemonia dos Warriors.

A SÉRIE: Houston Rockets (#1) x Golden State Warriors (#2)

JOGO 1: 14/5, 22h – em Houston
JOGO 2: 16/5, 22h – em Houston
JOGO 3: 20/5, 21h – em Oakland
JOGO 4: 22/5, 22h – em Oakland
JOGO 5: 24/5, 22h – em Houston*
JOGO 6: 26/5, 22h – em Oakland*
JOGO 7: 28/5, 22h – em Houston*

* Jogos só acontecem se necessário.

Palpite Guilherme: Houston Rockets 2-4 Golden State Warriors

Palpite equipe The Playoffs: Houston Rockets 2-4 Golden State Warriors

(Fotos: Reprodução Twitter/NBA/Houston Rockets; Ezra Shaw/Getty Images)

Oddsshark