16/04/2017 - 15h12

[ENTENDA O JOGO] Conheça os termos mais utilizados na NBA

Conheça o vocabulário utilizado aqui no Brasil sobre o basquete da NBA, pra você não ficar por fora nestes playoffs

O basquetebol sempre foi muito praticado aqui no Brasil. Grandes gerações já estrelaram seus talentos pelo mundo, e de forma notória na Terra do Tio Sam. Esse intercâmbio cultural e esportivo, ao longos dos anos, trouxeram algumas adaptações para de termos do jogo utilizados lá nos EUA, aqui no Brasil.

Pra que seja cada vez mais difundido, vamos aqui na coluna Entenda o Jogo do The Playoffs listar alguns destes termos do jogo e suas traduções. Em alguns casos, algumas palavras ganharam uma adaptação linguística ou de significado, de formas curiosas, deste que é um esporte genuinamente americano.

Os Playoffs da NBA chegaram e é hora de você entender tudo sobre o esporte para curtir cada momento.

Vamos lá!

Air ballBola aérea (popularmente se usa o termo em inglês mesmo) – É um arremesso na qual a bola nem chega a tocar o aro por falta de potência ou direção.

Alley-oopPonte aérea (metonímia em português – pois o tipo do passe remete à uma entrega aérea) – É um tipo de passe na qual um jogador recebe a bola saltando já em direção ao aro para a tentativa de fazer o ponto, normalmente com uma enterrada.

AssistAssistência – Ato de entregar a bola a um companheiro que consegue fazer a cesta.

Backboard ou Board Tabela – A placa retangular que serve de suporte para o aro.

Block – Toco ou Bloqueio – Ação de impedir com que a bola seja arremessada, através de um bloqueio ou um tapa na bola,

Double-DoubleDuplo-Duplo – Estatística na qual um jogador consegue em uma partida mais de dois dígitos em dois quesitos do jogo (10 pontos e 10 assistências, por exemplo)

DribbleDrible – Ato de controlar a bola. No basquete deve ser feito batendo a bola no solo – não confunda com o drible do futebol, por exemplo.

DunkEnterrada – Ato de jogar a bola com potência indo em direção ao aro e se pendurando nele brevemente.

Fast break – Contra-Ataque – É uma rápida transição defensiva para a ofensiva, a fim de tentar pontuar com o adversário desprevenido

Field goalPontos de campo (em português este ato é referido apenas à conquista do(s) ponto(s) [veja mais abaixo], não ao arremesso) – Arremesso acertado na qual se marca ponto(s). De acordo com a regra, podem valer 1, 2 ou 3 pontos.

FoulFalta – Ato de cometer uma infração à regra do jogo.

Fouled out Exclusão (tradução livre)  – Na NBA quando um jogador comete a 6ª falta pessoal na partida, ele deve ser substituído por outro jogador, e é excluído, ou seja, não pode retornar àquele jogo.

Free ThrowLance Livre – Cobrança de arremesso livre, após uma determinada infração à regra.

Jump ball – Bola ao Alto (traduções livres) – Na NBA, quando uma posse de bola fica em disputa entre dois jogadores, a partida é paralisada e reiniciada com a bola lançada ao alto, onde estes dois jogadores devem saltar para tocar a bola e conseguir a posse limpa da bola para a equipe. Também conhecido no basquete brasileiro como “pula dois”.

Jump Shot – Arremesso em suspensão (tradução livre) – Ação na qual o jogador salta e faz o arremesso.

LayupBandeja (metonímia em português – pois o movimento com a mão erguida, remete ao de carregar uma bandeja) – Arremesso com apenas uma das mãos e acima da cabeça.

Mismatch Incompatibilidade – Termo usado quando há, de fato, incompatibilidade de tamanho ou habilidade na marcação de um jogador sobre outro, principalmente nas trocas. Exemplo: um jogador lento marcando um veloz no perímetro ou um jogador baixo marcando um alto perto da cesta.

PassPasse – Ato de dar a bola para um companheiro de equipe.

Plus-minus (+/-)Índice +/- – Índice individual que mostra o impacto, em pontos na partida, de um determinado jogador. Ele mostra o saldo de pontos (diferença entre os pontos que seu time e o adversário fizeram) que ocorreu enquanto o jogador em questão esteve em quadra. Exemplo: Russell Westbrook teve um +/- de +15 em um jogo do Oklahoma City Thunder. Isso que dizer que, enquanto o armador esteve em quadra, o Thunder venceu o adversário por 14 pontos de diferença. No mesmo jogo, Stevens Adams, também de OKC, teve -2, ou seja, o Thunder perdeu por dois pontos enquanto ele esteve atuando.

Point – Ponto ou “Cesta” (em inglês se utiliza o termo basket, para designar quando se faz um ponto; a partir disto, surgiu esta metonímia em português) – Ponto marcado no jogo.

Rebound – Rebote – Ato de tocar a bola ou ter sua posse, após um arremesso não convertido que bateu no aro; pode ser ofensivo ou defensivo

RimAro – O aro que a bola deve ultrapassar pela parte de cima para conquistar pontos.

ShotArremesso ou “Chute” (cognato em português – pois chute é golpear, mas em português, com o pé ou perna) – Ato de arremessar a bola.

StealRoubo de bola – É um ato na qual um jogador retoma a posse da bola a seu favor, sem cometer nenhuma infração à regra.

TimeoutPedido de Tempo – Paralisação do tempo de jogo. Podem ser de origem estratégica (técnicos e/ou jogadores), ou arbitral devido à uma infração à regra ou para atendimento de  jogadores lesionados

Triple-DoubleTriplo-Duplo – Estatística na qual um jogador consegue em uma partida mais de dois dígitos em três quesitos do jogo (10 pontos, 10 assistências e 10 rebotes por exemplo)

Turnover – Desperdício de bola – quando um jogador perde a bola e por um erro de passe, roubada de bola ou algo similar, com a posse voltando ao time adversário.

Zona Match-upMarcação em zona combinada – Tipo de marcação que combina a marcação em zona com a marcação individual. O jogador em cima do adversário com a bola marca individual, enquanto o restante do time comporta-se como zona, exceto pelo fato de que há ajuda do lado mais fraco quando necessário.

É isso, agora você está pronto para as emoções dos Playoffs da NBA. Acompanhe a cobertura de todos os jogos aqui no The Playoffs. Até a próxima!

Oddsshark